Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Da vitória. A nossa oitava em Alvalade neste campeonato. Suada, algo atabalhoada, mas merecida.

 

De estar a vencer por 2-0 aos 8 minutos. Dava a impressão de que haveria goleada. Infelizmente isso não aconteceu: ao intervalo já o Penafiel tinha reduzido para 2-2.

 

De William Carvalho. Marcou o seu primeiro golo nesta Liga 2014/15, aproveitando um ressalto, com um remate seco e rasteiro, muito bem colocado. Iam decorridos cinco minutos, o Sporting iniciava assim a sua vitória desta noite. Um prémio mais que merecido para o nosso médio defensivo, que voltou a estar em muito bom plano neste encontro. Até como defesa central improvisado, durante mais de meia hora, após a expulsão de Tobias Figueiredo.

 

De Nani. Aos 70' marcou de cabeça o golo da vitória, infiltrado na grande área penafidelense, dando a melhor sequência a um bom centro de Carrillo. E festejou este golo à sua maneira, com um duplo moral, revelando incontida alegria. Foi o melhor em campo neste encontro, apesar das faltas sucessivas que foi sofrendo, assinando os lances mais vistosos sobretudo ao nível dos confrontos individuais.

 

Do regresso de Slimani aos golos. Marcou o segundo golo, aos 8', como mandam as regras: correspondendo da melhor maneira a um cruzamento de Jefferson, bem enquadrado com a baliza, e cabeceando de cima para baixo. Incontestável, a partir de agora, como titular a ponta-de-lança.

 

De Jefferson. Outra exibição a merecer aplauso. Acutilante, dinâmico, batalhador. Marcou muito bem o canto de que resultou o nosso primeiro golo e fez a assistência para o segundo. Pena ter desperdiçado a hipótese de marcar o quarto, aos 83', quando corria isolado para a baliza.

 

De Carrillo. Nem sempre corresponde da melhor maneira quando joga como suplente utilizado. Mas hoje inverteu essa norma: entrou muito bem aos 61', substituindo Carlos Mané. Imprimiu dinâmica, velocidade e criatividade ao ataque leonino. Assistiu Nani para o terceiro golo e originou uma falta que esteve na origem da expulsão de um penafidelense. Contribuiu claramente para a vitória.

 

Da estreia de Ewerton. Tardou mas foi, 40 dias após ter sido contratado. Entrou só na segunda parte, incompreensivelmente, quando tínhamos um único defesa central de raiz desde o minuto 10 e o brasileiro precisava de rodagem pois jogará como titular frente ao Marítimo, na próxima jornada, face ao castigo aplicado a Tobias.

 

De ver o Sporting com mais quatro pontos do que o Braga. O terceiro lugar parece consolidado.

 

 

Não gostei

 

Que o Sporting jogasse só com dez jogadores desde o minuto 10. Tobias Figueiredo - desposicionado e lento de movimentos - comprometeu a equipa ao cometer uma falta que lhe valeu o cartão vermelho quando vencíamos por 2-0. Do livre directo nasceu o primeiro golo do Penafiel.

 

Dos passes falhados. Voltámos a claudicar neste domínio. Dois falhanços sucessivos - de Adrien e Slimani - originaram o primeiro golo contra nós.

 

Da nossa barreira no livre que originou o primeiro golo do Penafiel. Saltaram todos, mas a bola foi rasteira. Direita ao fundo das malhas leoninas. Ludibriados de forma infantil.

 

Da tardia entrada de Ewerton. O defesa - reforço de Inverno do Sporting - demorou mais de meia hora a ser lançado no encontro pelo treinador, situação que forçou William a actuar no eixo defensivo, abrindo uma brecha perigosa entre as linhas leoninas. Brecha que o Penafiel aproveitou para marcar o segundo golo.

 

Da inexplicável tremideira de alguns jogadores leoninos. Nem parecia que jogavam em casa perante o último classificado do campeonato.

 

De saber que William Carvalho vai falhar o Marítimo-Sporting por acumulação de cartões. O quinto foi-lhe mostrado pelo árbitro Bruno Esteves aos 81'. Marco Silva, que já tinha mandado Rosell aquecer, pecou por lentidão: o catalão devia ter entrado mais cedo, para o lugar de William, quando já vencíamos 3-2.

22 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D