Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

De Tanaka, que nos deu o golo da vitória. No último instante da partida, o japonês que entrou só aos 79' para o lugar de Montero arrancou um livre directo (num lance em que o guarda-redes do Braga, Matheus, devia ter sido expulso). E marcou esse livre de forma exemplar. Com um remate indefensável, já candidato a melhor golo de bola parada neste campeonato. Foi a estreia de Tanaka - o homem do jogo - a marcar na Liga 2014/15.

 

De Carrillo. Continua em grande forma. Voltou a ser um jogador muito influente, conduzindo as jogadas de ataque mais perigosas do Sporting. Numa delas, aos 58', a bola foi desviada in extremis, ainda roçando o poste. Promete fazer uma segunda volta inesquecível.

 

De João Mário. Foi o nosso médio mais avançado e cumpriu a missão que Marco Silva lhe confiou, não dando um momento de descanso ao reduto defensivo do Braga. Teve duas oportunidades sucessivas de golo, aos 48', e também aos 56', quando falhou uma recarga rematando a escassos centímetros do poste.

 

De William Carvalho. De jogo para jogo vai retomando a forma a que nos habituou na época passada. Desta vez, em Braga, já esteve próximo das exibições que tantos aplausos lhe valeram ao fechar bem o caminho para a nossa baliza e liderar as operações de recuperação de bola no meio-campo. Só lhe faltou fazer um daqueles seus passes de longa distância que servem de assistência para golo. Se o tivesse feito, mereceria nota ainda mais positiva.

 

Da nossa organização defensiva. Sólida, tranquila, segura. Com Paulo Oliveira e Maurício no eixo e Cédric e Jefferson nas alas. Nota-se aqui muito trabalho nas sessões de treino: alguns erros cometidos anteriormente não voltaram a ser repetidos, o que ajudou hoje a neutralizar o ímpeto ofensivo bracarense.

 

De ver sete portugueses no nosso onze titular. Seis deles oriundos da nossa formação: Rui Patrício, Cédric, William, Adrien, João Mário e Nani.

 

Que tenha sido posto fim ao mito de que só ganhamos às equipas mais pequenas. Depois do triunfo ao Guimarães na Taça da Liga, esta vitória em Braga desfaz todas as dúvidas.

 

Que esta tenha sido a nossa sexta vitória consecutiva. Nos últimos cinco jogos, marcámos onze golos e não sofremos nenhum. Melhor registo da temporada até agora.

 

 

Não gostei

 

De tantos minutos sem golos. O jogo, bem disputado entre as duas equipas, só pecou por falta de capacidade de concretização durante os 90 minutos. Valeu-nos o talento de Tanaka, já no período de compensação.

 

Dos cartões amarelos a Paulo Oliveira, Adrien e Maurício. O médio ficará de fora no próximo jogo. E vai fazer-nos falta.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D