Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

2014-10-26 18.14.27.jpg

 

Gostei

 

Da vitória. Por números concludentes, perante um Marítimo que deu boa réplica na segunda parte. Num belo espectáculo, com muitos espectadores: éramos quase 38 mil esta tarde em Alvalade.

 

De ver Montero regressar aos golos em Alvalade. O colombiano marcou o quarto do Sporting - de longe o mais belo golo desta partida, com excelente recepção de bola no peito e disparando em semi-rotação, sem hipóteses para o guardião adversário.

 

De Nani. Voltou a ser elemento fundamental numa vitória leonina. É, sem dúvida, o melhor português a jogar neste campeonato. Toca violino e carrega piano ao mesmo tempo. Hoje fez um soberbo passe que deu origem ao segundo golo, marcou o canto que originou o terceiro e ainda serviu Capel, no minuto 90, para aquele que seria o quinto leonino, invalidado por fora de jogo do andaluz.

 

De João Mário. Outra exibição superlativa. Nunca desiste de uma bola: vai ao choque, cria linhas de passe, recupera lances que parecem perdidos. Prova evidente do seu talento foi o segundo golo do Sporting: rompeu a marcação, acreditou que marcaria - e marcou mesmo. Um golo muito festejado: foi o primeiro que assinou de leão ao peito no campeonato, à ponta-de-lança.

 

De Adrien. A qualidade do meio-campo leonino passa muito pelos pés e pelo talento deste médio que continua a ser um poço de energia em campo. Fez um passe soberbo para o golo de Montero, aos 66'. Substituído aos 87', exausto, sob enorme e merecida ovação dos adeptos.

 

De Paulo Oliveira. Irrepreensível no eixo da defesa: conquistou a titularidade. E também já goleador. Hoje estreou-se a marcar pelo Sporting, de cabeça, na sequência de um canto cobrado por Nani.

 

Da entrada de Miguel Lopes. Voltou a pisar o relvado de Alvalade, muitos meses depois, substituindo Jonathan aos 83'. Um regresso muito festejado. Porque se trata de um jogador que é também sportinguista do coração.

 

Da nossa primeira parte. A equipa marcou três golos e deu um festival de futebol. O Marítimo andou desaparecido nesses 45 minutos.

 

 

Não gostei

 

Da desconcentração da equipa no início da segunda parte. Sofremos dois golos em quatro minutos e o espectro do empate chegou a pairar em Alvalade até aos 60'. Convém nunca esquecer que os jogos duram hora e meia.

 

De três falhanços de Montero. O colombiano marcou um belo golo, mas desperdiçou três outros, que lhe foram servidos de bandeja. Não se pode falhar tanto.

 

Da entrada tardia de Tanaka. Só o vimos em campo a partir do minuto 87. Soube a muito pouco.

 

Da ausência de Slimani. O argelino, que não foi convocado por lesão, faz muita falta à equipa. Nenhum outro jogador leonino tem o instinto de matador que ele tem.

 

De Jonathan Silva. Desposicionou-se com frequência - e a equipa tremeu por causa disso. Os dois golos do Marítimo, marcados por Maazou, nascem do seu flanco, que estava desguarnecido.

 

Fotografia minha, tirada esta noite em Alvalade

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D