Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Do apoio dos adeptos. Quase 35 mil sportinguistas a puxar pela equipa no estádio. Não foi por falta de ânimo das bancadas que o Sporting tropeçou.

 

De Nani. Melhora de jogo para jogo. Mesmo marcado sempre por dois defesas (às vezes por três), supera os confrontos individuais com uma técnica e uma classe muito acima da média. Serviu hoje várias vezes os colegas - Slimani, por exemplo. Foi, de longe, o melhor jogador em campo. Merecia a vitória que não chegou.

 

De André Martins. Claramente em linhas mais avançadas, e mais solto de movimentos, com boa leitura de jogo, protagonizou excelentes jogadas e criou situações de perigo, sobretudo na primeira parte, em boa articulação com Nani. Soube ocupar bem o corredor central. Estava esgotado quando saiu, aos 61', dando lugar a Capel.

 

De Carrillo. Teve períodos intermitentes, mas continua com rendimento superior ao da época passada. Foi rápido e oportuno a aproveitar um deslize da defesa de Belém que lhe proporcionou o golo, aos 35'.

 

De Esgaio. Continua a dar boas provas enquanto lateral direito, no lugar habitualmente ocupado por Cédric, ainda não recuperado da lesão. Integra-se bem no ataque sem descurar a missão defensiva. Pode ter agarrado a titularidade.

 

Que Marco Silva tivesse apostado tudo na vitória. A dez minutos do fim chegou a tirar um defesa central (Maurício) e a meter um segundo ponta-de-lança (Montero). Infelizmente a sorte desta vez não lhe sorriu.

 

 

Não gostei

 

Do empate, em casa, contra o Belenenses. Foi o terceiro em quatro jogos deste campeonato.

 

Que tivéssemos marcado apenas um golo. Vão apenas quatro: um por jogo. Muito pouco. Há um ano já tínhamos mais golos logo à primeira jornada.

 

Do índice de aproveitamento dos nossos ataques. Rematámos quatro vezes mais do que os jogadores de Belém... com o mesmo aproveitamento. Assim de pouco adianta ter dois terços de posse de bola, como hoje aconteceu.

 

Da falta de aproveitamento das bolas paradas. Tivemos alguns livres a nosso favor, mas nenhum levou perigo às redes de Belém.

 

Das oportunidades perdidas. Três por Slimani, uma por Nani, outra por William. Falta instinto matador ao nosso ataque nos últimos metros do terreno.

 

Dos pontos perdidos. Seis, em doze possíveis.

 

Do nosso eixo defensivo. Uma falha grave de marcação permitiu o golo do Belenenses. Com responsabilidades evidentes dos defesas centrais.

 

Das "charutadas" por cima da baliza. Foram várias - e, naturalmente, não serviram para nada a não ser para aumentar a intranquilidade da nossa equipa.

 

Do nervosismo dos nossos jogadores. Os índices de ansiedade têm de estabilizar, já a pensar nos desafios da Liga dos Campeões.

 

De Jefferson. É inaceitável protestar junto do árbitro de forma a arriscar um cartão vermelho no último minuto do encontro. E foi isso precisamente o que aconteceu, em prejuízo da equipa.

 

Da comparação com o ano anterior. Obtivemos até agora, neste campeonato, menos três pontos nos confrontos com Académica(-2), Arouca(=), Benfica(+1) e Belenenses(-2) em comparação com a época passada.

56 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D