Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Gostei

 

Da vitória ao Paços de Ferreira, na casa do adversário. Triunfo folgado, como já havia sido a vitória fora contra o Marítimo. E pela mesma marca. A nossa 18ª vitória em 26 jogos disputados na Liga 2013/14.

 

De William Carvalho. Sempre em grande evidência, com a sua soberba leitura de jogo, a sua capacidade de antecipação e a precisão dos seus passes. E voltou a marcar, culminando uma excelente combinação com Slimani e combinando velocidade com destreza técnica. Foi o quarto golo da sua autoria neste campeonato. Todos acreditamos que não será o último.

 

De Adrien. Grande partida, uma vez mais. E um excelente golo, com um tiro disparado a 30 metros, fulminando a baliza adversária. O seu primeiro golo de bola corrida: prémio mais do que merecido para um dos melhores jogadores do Sporting - e do campeonato. Destacou-se também por marcar muito bem o canto de que resultou o nosso segundo golo. É cada vez mais evidente que Paulo Bento terá de contar com ele para o Mundial do Brasil.

 

De Slimani. Desta vez não marcou. Mas fez duas assistências para golo - e uma delas de grande requinte técnico, num passe de calcanhar, solicitando a desmarcação de William. A fazer calar aqueles comentadores que não se cansavam de o considerar pouco fadado para merecer boas "notas artísticas".

 

De Rojo. Para não destoar, o central argentino voltou a fazer uma boa partida. E não lhe basta ser bom a defender: anda a ganhar cada vez mais o gosto pelos golos. Voltou a marcar um, o nosso segundo desta noite, ao receber a bola na grande área, livre de marcação, na sequência de um canto. O seu quarto golo neste campeonato.

 

Da classificação. Reforçámos o segundo lugar isolado. Agora já com 11 pontos de vantagem em relação ao FCP, que só joga amanhã. Quem diria uma coisa destas à partida do campeonato?

 

Da comparação. Na Liga 2012/13, de má memória, fomos perder a Paços de Ferreira (0-1). Que diferença em relação ao que hoje sucedeu...

 

De termos superado quase todos os testes a Norte. Foi a nossa melhor campanha de sempre nos estádios acima do Mondego: não me lembro de outra tão boa. A derrota no Dragão foi excepção à regra.

 

De termos o melhor ataque. Voltámos ao primeiro posto na lista das equipas goleadoras. Já com 50 golos concretizados. Isto diz quase tudo sobre o desempenho da nossa equipa.

 

De termos dado mais um passo rumo à Liga dos Campeões. Com esta vitória, garantimos matematicamente o terceiro lugar no campeonato: a pré-eliminatória para a Champions está garantida a partir de agora. Mas todos queremos mais que isto. Queremos, pelo menos, a consolidação do segundo posto. Que permite o acesso directo à Liga milionária.

 

 

Não gostei

 

Da lesão de Carlos Mané. Oxalá não seja grave. Porque precisamos dele até ao fim.

 

Do prolongado jejum de Montero. Ainda não foi hoje que o colombiano regressou aos golos. Podia ter acontecido, no penúltimo minuto de jogo, mas o guarda-redes anfitrião negou-lhe a vontade. Não parece o mesmo Montero da primeira volta.

 

De Carrillo. Substituiu Carlos Mané, jogando toda a segunda parte. Mas voltou a passar ao lado de uma partida: não acertou num cruzamento. Parece cada vez mais um caso irrecuperável. E não é pelo facto de Leonardo Jardim não lhe conceder sucessivas oportunidades.

 

Do nevoeiro. Numa fase larga do encontro começou a ser tão cerrado que mal se distinguia o campo inteiro.

 

Das bancadas vazias. O que se passa com a afición clubística em Paços de Ferreira?

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D