Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Rescaldo do jogo de hoje

Não gostei

 

Que se tenha cumprido a tradição. A última vitória leonina em casa dos encarnados ocorreu na temporada 2005/06 - tempos que já vão demasiado distantes. E nos últimos cinco anos o Sporting nunca marcou ali em jogos da Liga, tendo sofrido nove golos. Hoje sofremos mais dois, naquela que foi de longe a nossa pior exibição desta temporada. Os mesmos que sofremos na última época, a 21 de Abril - quando visitámos o SLB, que então liderava a tabela classificativa. Nós seguíamos então em 9º lugar, com menos 34 pontos.

 

Da prestação do Sporting na Luz. Nem parecia a mesma equipa que se bateu de igual para igual com o Benfica na primeira volta do campeonato (1-1 em Alvalade, a 31 de Agosto) e na eliminatória da Taça de Portugal (3-4, na Luz, a 9 de Novembro). Que diferença...

 

Da ausência de William Carvalho. Ficou hoje provado que o Sporting se ressente muito da ausência do seu médio defensivo titular, o melhor jogador português do campeonato nacional. Eric Dier, que jogou no seu lugar, foi uma pálida sombra em comparação com o colega ausente, tendo sido mal batido em vários lances, incluindo o do segundo golo.

 

Da ausência de Jefferson. O lateral esquerdo, lesionado, deixou saudades: Piris, o seu substituto neste jogo, raras vezes transpôs a linha do meio campo e perdeu sucessivos duelos com Gaitán.

 

Da fífia de Rui Patrício aos 11'. Um inesperado "brinde" a Rodrigo só por acaso não proporcionou o primeiro golo ao Benfica. Mas o guarda-redes titular do Sporting e da selecção redimiu-se com uma grande defesa aos 68'.

 

Da dupla Montero-Slimani. Plano B é plano B: funciona precisamente por isso. Quando se transforma em plano A não existe qualquer garantia de que dê certo. E não deu.

 

Da entrada de Magrão para o lugar de Piris. Não consegui entender esta substituição, que forçou Dier a recuar para o eixo central da defesa e Rojo a assumir a posição de lateral esquerdo quando Wilson Eduardo e Carrillo permaneciam no banco.

 

Da discrepância ofensiva. Aos 40' o Benfica tinha feito 12 remates à nossa baliza, contra apenas um do Sporting.

 

 

Gostei

 

Que o Benfica-Sporting pudesse ser disputado em segurança. Depois do que sucedeu no domingo é um facto que merece registo.

 

De Adrien. Voltou a exibir grande classe: foi o melhor sportinguista em campo, como ficou bem demonstrado num notável passe em profundidade feito aos 20'. Mas desta vez esteve muito desacompanhado, sem possibilidade de fazer a ligação entre as linhas com a eficácia habitual.

 

De Rojo. Autoritário na defesa, foi sempre um dos sportinguistas mais inconformados com o resultado negativo. Não merecia sair da Luz com uma derrota.

 

Da estreia de Heldon. O avançado que acaba de vir do Marítimo - apesar de ainda não estar rotinado na equipa, naturalmente - revelou bons apontamentos neste seu jogo inicial com a camisola verde e branca. Destacou-se por exemplo num grande lance pelo corredor esquerdo aos 62', que merecia melhor finalização após ter fintado dois adversários. Parece um reforço de qualidade. E bem precisamos dele.

 

Da actuação de Marco Ferreira. Eis um árbitro que merece o nosso aplauso.

18 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D