Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Quente & frio

Gostei muito de quase tudo no Sporting nesta noita gélida em Alvalade frente à União da Madeira, para a Taça da Liga. Do resultado - 6-0, a maior goleada da época até agora. Da atitude em campo - mesmo a ganhar já por larga margem, os nossos jogadores nunca tiraram o pé do acelerador. Da saúde anímica e da capacidade física da equipa. Do carácter, da dinâmica, da intensidade, da movimentação colectiva. E de continuarmos invictos neste quinto mês consecutivo de competição futebolística.

 

Gostei da boa exibição de Doumbia, que hoje foi titular na frente do ataque e correspondeu marcando dois golos: o primeiro, aos 20', e o terceiro, aos 61' - leva já sete nesta temporada, destacando-se como o melhor marcador do plantel por minuto jogado e também como figura deste desafio. Jorge Jesus fez muito bem em apostar nele e em experimentar na segunda parte Acuña na posição de lateral esquerdo: o argentino deu melhor resposta neste lugar do que Bruno César, que saiu aos 53'. Também gostei de ver Bas Dost (em campo desde os 53') assistir Gelson Martins para o quarto golo, aos 67'. E que os nossos dois centrais marcassem: Mathieu, autor do segundo golo, de cabeça, aos 51'; e Coates a rematar vitoriosamente com o pé direito aos 79', fazendo o quinto golo. Gostei ainda do sexto golo, o melhor do encontro, aos 81'. Autor: Iuri Medeiros, dez minutos após entrar em campo, num fortíssimo pontapé cruzado, da direita para a esquerda, coroando um excelente lance individual. Gostei enfim da nossa veia atacante: 27 remates ao longo do jogo.

 

Gostei pouco de ver três bolas desperdiçadas nos ferros da baliza da equipa madeirense. Primeiro por Podence ao poste, no minuto 31. Depois por Coates num petardo que o guarda-redes fez embater na barra, aos 43'. Finalmente por Bas Dost, também à trave, quando estavam decorridos 59'. Três lances que prometiam mas souberam a pouco. Tal como o resultado ao intervalo: um escasso 1-0, o que levou Jesus a mandar sair Bruno César e Bryan Ruiz logo após o recomeço, fazendo entrar (com larga vantagem para a equipa) Bas Dost e Bruno Fernandes. Ainda foi possível ver durante 17 minutos Dost e Doumbia juntos na frente de ataque, algo nada frequente.

 

Não gostei de ver Bruno César como lateral titular, com Fábio Coentrão (tal como Battaglia) em merecido repouso, fora da lista dos convocados. O polivalente brasileiro tem andado pouco inspirado e rende pouco nesta posição. Pior ainda esteve Bryan Ruiz, colocado de início como médio de construção mas sem revelar inspiração nem dinâmica, falhando passes sucessivos. Foi substituído aos 53', já demasiado tarde: não está em forma para integrar o onze inicial leonino, mesmo na Taça da Liga, que o Sporting costuma desvalorizar.

 

Não gostei nada da hora tardia do encontro, iniciado às 21.15, numa noite de semana. Horário absurdo, que afugentou muita gente de Alvalade: as bancadas, compreensivelmente, estavam muito despidas e bastante mais frias do que é habitual, retirando atmosfera e emoção ao desafio que se desenrolava no relvado.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 21.12.2017

    Pois. Mas seria bem melhor numa hora diferente, sobretudo na véspera de um dia de trabalho.
  • Sem imagem de perfil

    Leão da Estrela 21.12.2017

    Cheguei à pouco a casa e moro a poucos quilómetros do estádio. Agora imagino os que moram longe.
    Mas pelo Sporting vale sempre a pena.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 21.12.2017

    Mais absurdo ainda será o Benfica-Sporting da próxima jornada, a disputar às 21.30 de uma quarta-feira de Inverno.
    Cada vez mais me convenço que há mesmo quem queira matar o espectáculo desportivo em Portugal.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D