Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Quente & frio

Gostei muito da atitude da nossa equipa durante esta difícil partida em Alvalade contra a Juventus. Mesmo desfalcado de quatro titulares, o onze leonino apresentou-se bem organizado, equilibrado, dinâmico e solidário, com grande maturidade competitiva e um meio-campo povoado com eficácia e consistência. Sem complexos frente ao adversário, vice-campeão europeu e hexacampeão de Itália.

 

Gostei da exibição irrepreensível de Gelson Martins, que construiu o nosso golo e se destacou em dois grandes lances individuais, aos 46' e 60', além de ter policiado sem falhas as incursões de Alex Sandro na sua ala. De Rui Patrício, que evitou um golo com uma defesa superlativa aos 69'. De Ristovski, que brilhou nesta estreia como titular da lateral direita do Sporting anulando Mandzukic e Douglas Costa. De Battaglia, que foi uma muralha. E do "chuta-chuta" Bruno César, autor do golo aos 20' - com o pé direito!

 

Gostei pouco que tivéssemos recebido uma das melhores equipas do futebol mundial - recheada de estrelas como Buffon, Barzagli, Cuadrado, Chiellini, Khedira, Higuaín e Dybala - sem o nosso melhor onze, desfalcado de Matthieu, Piccini, Fábio Coentrão e William Carvalho. Do mal o menos: talvez os dois últimos ainda recuperem a tempo de disputar a 11.ª jornada do campeonato, no próximo domingo, frente ao Braga.

 

Não gostei de sofrer o golo do empate após cerca de uma hora em vantagem no resultado, quando a equipa já acusava muito desgaste físico nesta grande noite europeia do Sporting que esteve a um passo de tornar-se histórica. Nem de termos falhado o segundo golo, à nossa mercê aos 62', quando Bas Dost foi incapaz de dar o melhor desfecho a um excelente cruzamento rasteiro de Bruno Fernandes a partir da ala direita.

 

Não gostei nada de ver dois jogadores nossos "amarelados" por protestos bem escusados e evitáveis na alta roda do futebol: Acuña e Coates - sobretudo o internacional uruguaio, que estava à queima por acumulação de cartões e fica assim excluído do próximo embate para a Liga dos Campeões, em Alvalade, frente ao Olympiacos. E novamente me deixa perplexo ouvir adeptos leoninos vaiarem o hino da Champions em Alvalade. Confundem a Liga dos Campeões com uma taça da carica.

54 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D