Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Que plantel vamos ter este ano? (5.ª parte)

Quando terminou o estágio de pré-época do Sporting em Lagos publiquei a minha avaliação do plantel do Sporting, numa óptica de estar em condições de atingir os objectivos, que para o Sporting são e serão sempre os mesmos: ultrapassar os dois rivais nas provas internas, chegar o mais longe possível nas provas europeias e ficar apurado para a  Champions do próximo ano.

Entretanto o Covid atacou o plantel, ficámos eliminados da Liga Europa, estamos na Liga com duas vitórias e um jogo em atraso, e o mercado de verão do futebol mais ou menos fechou.

Nos dois rivais também foram acontecendo coisas, muitas entradas e saídas, e o Benfica acabou por ser relegado para a Liga Europa.

Então que avaliação fazer ao plantel de acordo com o racional atrás exposto e com o modelo táctico 3-4-3 de Rúben Amorim, pontuando de 1 a 5 cada posição, sendo 3 o mínimo exigível para o pretendido (note-se que existe repetição de jogadores, porque já se viu que podem actuar numa ou noutra)? 

 

Qualquer coisa como:

Guarda-Redes - Max (21 anos, 1,90m), Adán (33, 1,90m), Renan (30, 1,93m) - Nota 4 (mantém)

Com o confinamento de Max, Adán agarrou o lugar, tem estado globalmente bem, se calhar melhor do que Max esteve, mas a ideia que tenho é que Max pode ser bem melhor. Renan já demonstrou estar à altura, se for chamado. Pelo que estamos bem servidos na posição.

Ala Direito - Porro (20 anos, 1,76m), Plata (19, 1,79m), Nuno Mendes (18, 1,84m) - Nota 2,5 (era 1,5)

Esta posição tem sido tradicionalmente o calcanhar de Aquiles do plantel, e só com muita boa vontade e caridade cristã poderíamos considerar Ristovski, Bruno Gaspar ou Therry Correia à altura das necessidades. Porro tem sido uma boa surpresa, falhando aqui e ali mas ocupando bem a ala, e Plata já demonstrou que pode fazer bem o lugar, e nalguns jogos até ser uma arma para desequilibrar a partir do banco. Nuno Mendes também pode fazer o lugar. Pelo que já estamos bem mais próximos do necessário.

Defesa Central Direito - Eduardo Quaresma (18, 1,85m), Neto (32, 1,85m) - Nota 2,5 (mantém)

Enquanto Quaresma esteve de quarentena, Neto agarrou o lugar e tem vindo a subir de jogo. para jogo. Ainda acho que tem de melhorar, especialmente na saída de bola pela direita, para estar ao nível das necessidades.

Defesa Central - Coates (29, 1,96m), Neto (32, 1,85m) e Inácio (18, 1,86m) - Nota 4 (mantém)

Coates está como peixe na água na posição: é internacional A do Uruguai e o "presidente da junta". Na sua ausência, quer Neto quer Inácio parecem corresponder, Inácio com a vantagem de fazer lançamentos longos fenomenais.

Defesa Central Esquerdo - Inácio (18, 1,86m) e  Feddal (30, 1,92m) - Nota 2,5  (era nota 3)

Borja parece estar de saída, Feddal teve um mau arranque de temporada, Inácio ainda está muito verde, e esta posição não parece melhor do que a do outro lado.

Ala Esquerdo - Nuno Mendes (18, 1,84m), Antunes (33, 1,76m), Nuno Santos (25, 1,76m) e Gonçalo Costa (20, 1,70m) - Nota 4 (era 3)

Se Nuno Mendes está a demonstrar todo o seu valor, e até com direito a nota artística, as ideias arrumadas e um discurso assertivo, está ali o titular da Selecção A, Antunes anda ainda à procura do ritmo perdido, e quando for preciso pôr a carne toda no assador Nuno Santos faz muito bem a posição. Gonçalo Costa, dos sub-23, foi também inscrito. A saída de Acuña ficou muito bem colmatada.

Médios Centro - Palhinha (25, 1,90m), Matheus Nunes (21, 1,83m), Daniel Bragança (21, 1,69m), João Mário (27, 1,79m), Pedro Gonçalves (22, 1,73m), Rodrigo Fernandes (19, 1,84m) - Nota 3 (era 2,5)

Relativamente à ultima avaliação, saiu Wendel, entraram Palhinha e João Mário, e Matheus Nunes (só não vê quem não quer) está a caminho de ser um enorme e completo n.º 8: tem físico, intensidade, visão de jogo, passe longo e remate de meia distância, vai ser difícil roubar-lhe a titularidade. Mas depois temos Palhinha, que dá uma dimensão física extra ao meio-campo, e os levezinhos são mesmo muito bons de bola. Entre os cinco temos um belo meio-campo e dentro em pouco ninguem se vai lembrar de Wendel. Rodrigo Fernandes não deve ter qualquer hipótese, ainda precisa de crescer muito.

Interiores Direitos / Esquerdos - Vietto (26, 1,73m), Tabata (23, 1,73m), Jovane (22, 1,76m),  Nuno Santos (25, 1,76m), Pedro Gonçalves (22, 1,73m), Tiago Tomás (18, 1,80m), Joelson Fernandes (17, 1,72m) - Nota 3 (mantém)

Parecem muitos jogadores para poucos lugares, mas estas posições são as de maior desgaste, mais sujeitas a lesões e muitas vezes acabam por entrar quatro ou cinco numa partida. Jogadores de características diferentes, uns mais verticais outros a render mais entre-linhas no passe e remate, importa que marquem golos, coisa em que Jovane, Tiago Tomás e Nuno Santos se destacam relativamente aos restantes. Vietto continua a ser um irritante "pé frio". Falta o tal jogador diferente, mais carro de assalto, um "Marega", mas no conjunto, penso que temos a posição satisfatoriamente preenchida. 

Pontas de lança - Sporar (26, 1,86m), Luiz Phellype (27, 1,88m) - Nota 1,5 (era 3)

Aqui é que a porca torce o rabo. Sporar atravessa uma crise existencial e falha golos feitos, LP29 recupera de grave lesão, Pedro Mendes saiu, e continua a faltar um verdadeiro jogador de área, alto e forte, a aproveitar os centros dos alas e interiores e a facturar de cabeça com regularidade. Assim poucos penáltis vamos ter a favor, golos inesperados de cabeça, referência para o passe longo, e ajuda aos defesas nos lances de bola parada. Como quem não tem cão, caça com gato, Rúben Amorim inverteu o tridente ofensivo, pondo o falso ponta-de-lança entre linhas e libertando os dois interiores. Mas isso não vai chegar em muitas ocasiões, muito menos quando tivermos de reverter desvantagens no marcador no final das partidas. E então lá teremos Coates a ponta de lança...

 

Treinador : Rúben Amorim (35, Nível II) - Nota 4,0

Da outra vez não fiz, faço agora. Um pouco como Paulo Bento em seu tempo, um jovem treinador português de grande potencial que corresponde na perfeição ao que o Sporting precisa neste momento em que não tem argumentos financeiros para outros voos, mas antes uma guerra civil no clube descontrolada, com um bando de ressabiados apostados em desestabilizar a equipa. Disciplinador, com uma ideia de jogo bem definida da qual não se afasta faça chuva ou faça sol, um discurso assertivo, sem reservas em apostar nos jovens, lembra-me com as devidas distâncias os melhores treinadores ingleses que tivemos. Precisaria duma equipa técnica com outra experiência, a começar por um preparador físico de topo, como já aconteceu no que respeita ao treinador de guarda-redes. Por outro lado, falta um Manolo Vidal sentado ao lado dele no banco. Mas o essencial está lá e devemos lembrar-nos que Mourinho esteve para vir para o Sporting se não fossem os do costume que pensam que o Sporting são eles. Depois Mourinho fez a carreira que sabemos.

 

Resumindo: com um plantel com jovens de imenso valor, bem orientado, mas sem grandes craques nem um ponta de lança de peso, continuará a ser difícil competir com Benfica e Porto, mas para os restantes é mais que suficiente.

Quanto aos excedentários ainda por Alvalade (Camacho, Bruno Gaspar, Paulista, Ilori, Misic, Ivanildo Fernandes, Lumor e Ristovski) que tiveram obrigatoriamente de ser inscritos no dia de fecho de mercado, não acho que façam falta, e se for possível uma saída boa (no caso de Camacho era mais um empréstimo) para ambas as partes, é aproveitar. Senão, existe a equipa B, onde temos o Estrela da Amadora e o Oriental para ultrapassar na corrida para a 2.ª Liga.

 

Fico a aguardar os vossos comentários.

SL

25 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D