Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Que os títulos não se meçam aos palmos

Se todas as equipas do Sporting devem ter o apoio de sócios e adeptos leoninos, raras são as que o merecem tanto quanto a equipa feminina de futebol. Dois anos passados desde a criação, aproveitando um ‘wild card’ da Federação, as jogadoras ‘limitaram-se’ a conquistar dois campeonatos, duas taças e uma supertaça. Nunca perderam contra equipas portuguesas e caso mantenham tão bonita tradição neste domingo juntarão uma segunda supertaça à sala dos troféus.

 

É sempre um gosto assistir às arrancadas e cruzamentos de Ana Borges, ao faro para o golo de Diana Silva, às enormes defesas de Patrícia Morais e Inês Pereira (juntar as duas melhores guarda-redes portuguesas é um luxo) ou ao perfeito entendimento entre as Pinto (Fátima e Tatiana) do meio-campo, complementado pela norte-americana Sharon Wojcik. Isto sem esquecer a segurança de Rita Fontemanha, Carole Costa e Joana Marchão, a experiência de Patrícia Gouveia e Solange Carvalhas e o potencial das muitas jovens que evoluem nos escalões de formação. E, ‘last but not the least’, a avançada Ana Capeta, habitual arma secreta que gela o sangue das adversárias e dos seus adeptos desde o instante que se levanta do banco para dar início ao aquecimento.

 

Até hoje bastou para suplantar as ‘guerreiras’ do Sporting de Braga. E os primeiros indícios apontavam para que nesta temporada fosse mais fácil, na medida em que a recém-criada equipa feminina do Benfica foi buscar reforços ao Minho, de onde também saiu, mas para emigrar, a talentosa Andreia Norton. Só que António Salvador não se deu por vencido e quis provar que os títulos se podem medir aos palmos. E recrutou para o meio-campo e para o ataque três norte-americanas com mais de 180 centímetros, uma avançada nigeriana e uma avançada camaronesa de 1,72 metros e uma defesa canadiana três centímetros mais alta. Juntam-se à defesa brasileira Jana e às portuguesas Diana Gomes e Vanessa Marques, todas acima dos 1,70 metros.

 

Do lado do Sporting, que reúne quase todas as melhores futebolistas portuguesas que jogam em Portugal, apenas a guarda-redes Patrícia Morais e quatro jogadoras de campo (as centrais Carole Costa e Nevena Damjanovic, e as avançadas Carolina Mendes e Ana Capeta) atingem ou ultrapassam (por pouco) essa fasquia. Nevena e Carolina são os dois reforços desta temporada, que voltou a começar com o falhanço na qualificação para a fase seguinte da Liga dos Campeões, mas as leoas continuam a entregar a zona defensiva do meio-campo à norte-americana Carlyn Baldwin, uma jovem esforçada na tentativa de superar as evidentes limitações técnicas e físicas de quem aparece nas estatísticas oficiais com apenas 1,59 metros. 

 

Se a vantagem no futebol jogado com a bola na relva deverá manter-se, dificilmente poderão as leoas impedir a superioridade aérea das rivais que encontram hoje em Viseu,  tendo que ultrapassar essa desvantagem para saírem do Estádio do Fontelo com mais uma supertaça. Acredito que a equipa voltará a dar alegrias aos sportinguistas, mas para que seja possível disputar a Liga dos Campeões e antecipar o embate com o Benfica - e a sua armada de jogadoras brasileiras - na próxima época, conviria chamar mais algumas das melhores portuguesas que estão em equipas estrangeiras (Cláudia Neto, titular absoluta da Selecção, até é sportinguista...) e reforçar posições-chave (meio-campo defensivo e ponta de lança) com talentos internacionais que aliem qualidade técnica à eficácia nas bolas paradas natural em quem mais longe desenrola a fita métrica.

 

Espero que os novos dirigentes do Sporting, a quem desejo a primeira conquista do mandato já nesta tarde, tenham em conta que um pequeno investimento é necessário para manter uma hegemonia que enche os adeptos de alegria e é um excelente exemplo para as adeptas mais jovens do clube.

14 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D