Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Preocupação

Existem duas características identitárias no nosso clube que nos enche de orgulho enquanto sportinguistas:

- a formação, no futebol;

- o ecletismo das modalidades.

Nas modalidades a marca de Moniz Pereira é incontornável deixando a saudável herança de que o sucesso se obtém através de trabalho, trabalho, trabalho e não através de “compra” de atletas estrangeiros para assim atalhar o sucesso.

Esta é uma característica do Sporting.

Na formação, a imagem de marca é Aurélio Pereira. Não vou repetir muito daquilo que deve ser a orientação do clube, destaco em particular os textos de Pedro Azevedo aqui publicados que, se me permite, faço meus. Porém deixo uma interrogação.

Os tristes episódios do dia 15 de Maio e as suas consequências têm que ser motivo de profunda reflexão, principalmente ao nível do impacto que possa ter tido ao nível da formação. Recordo que de todos os jogares que rescindiram após o 15 de Maio só regressaram aqueles que não eram oriundos da formação.

Não vou questionar as razões que cada um destes jogadores tiveram para a rescisão, porém vem-me à memória episódios anteriores a estes de pessoas que se serviram da formação do Sporting como se de um salto de trampolim se tratasse.

Qual a formação que queremos para o nosso clube?

 

Deixo a pergunta para os candidatos à presidência e recordo as palavras de Manolo Vidal, a propósito de um desses “trampolinistas”: «Estamos a fazer um exame de consciência, porque de certeza absoluta que formámos um grande jogador mas não conseguimos formar uma pessoa com carácter».

Infelizmente o tempo disse que o clube não fez, para a formação, esse exame de consciência.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    JHC 31.08.2018

    1º - Os jogadores da formação representam um investimento muito inferior à compra dos passes de jogadores estrangeiros.
    2º - Petrovic, Castaignos, Douglas, Doumbia entre outros, não são em nada superiores aos jogadores formados na nossa Academia, não são opções válidas para lutar pelo título, auferem salários avultados e não tem quem lhes pegue. Dificilmente iremos recuperar o investimento. E títulos, "bola".
    3º - O problema não é emprestar os jogadores para evoluírem ou para serem rentabilizados num futuro negócio de opção de compra por um valor condizente com a sua qualidade. O problema é desvalorizar os activos com uma opção de compra como a de Demiral por 3,5 milhões ou oferecer Palhinha ao Braga com uma opção de compra "ao contrário"(teremos de pagar para reavê-lo!!!). Se isto é saber negociar vou ali beber uma Cintra fresquinha e já venho...
    4º - Posso estar enganado, mas penso que a UEFA obriga a que todas as equipas que disputem provas europeias tenham no mínimo 8 jogadores da formação num plantel de 25(23?) jogadores inscritos. No ritmo a que isto vai teremos de inscrever juvenis para poder cumprir os regulamentos.
    5º - Não queria ir por aí, mas isto é uma destruição de valor. Nada justifica. Decisões que não deveriam ser tomadas por uma comissão de gestão e que estão a delapidar o futuro desportivo e financeiro do clube, sem que a futura direcção tenha voto na matéria. Não lembro de ter dado o meu aval para esta política na formação, levada a cabo por Sousa Cintra. Dia 8 vai a vidinha dele e nós vamos viver com um plantel de recurso, sem activos da formação que sejam mais valias futuras para a nossa sustentabilidade, e no final do campeonato, zero títulos.

    SL
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D