Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Pré-temporada: balanço dos jogadores

 

EM ALTA

André Martins. Com Marco Silva passou a jogar mais solto e adiantado no terreno. Os benefícios - para ele e para a equipa - estão já à vista. Promete ser uma das figuras do campeonato que vai começar.

Adrien. Inicia a Liga 2014/15 ainda com mais influência na movimentação da equipa do que há um ano. É o patrão incontestado do meio-campo leonino. E um marcador exímio de grandes penalidades. Só falta ser titular da selecção.

William Carvalho. Começou a dar nas vistas há um ano, na pré-temporada. Mas então era apenas uma promessa. Agora já é uma certeza. Simplesmente o melhor médio defensivo português da actualidade.

Rojo. Depois dos elogios generalizados que recebeu no Mundial do Brasil, onde foi titular na lateral esquerda e vice-campeão pela Argentina, regressa a Alvalade com estatuto de estrela. Até Maradona se rendeu ao seu talento.

Slimani. O argelino marcou dois golos no Mundial, demonstrando que não foi em vão que se tornou tão popular entre os nossos adeptos. Custou 300 mil euros aos cofres leoninos. Vale hoje muito mais.

Carrillo. O peruano parece renascido. Na sua terceira época em Alvalade, joga com uma alegria e uma concentração que antes não lhe víamos. Prova evidente do trabalho efectuado pelo treinador. Marco Silva conta com ele.

Maurício. Quem disse há um ano que o brasileiro era "tosco", "perna-de-pau" e se arrastava pela segunda divisão brasileira antes de rumar ao Sporting já deve estar muito arrependido. É um dos esteios da nossa defesa.

Carlos Mané. Não falta quem vaticine que esta será a época do arranque definitivo do jovem extremo formado na nossa academia. Lembrem-se dele há um ano e comparem com o que já fez para aqui chegar.

João Mário. Regressa em boa hora. Deu nas vistas durante a pré-temporada, como organizador de jogo e médio ofensivo. Confirmou os atributos que já tinha evidenciado na época anterior, em que jogou por empréstimo pelo V. Setúbal.

Heldon. Foi um dos obreiros da vitória de ontem do Sporting por 2-0 contra o Nacional de Montevideu, destacando-se como extremo. Deu a sensação de que o treinador pode contar com ele apesar da decepcionante prestação na segunda volta em 2013/14.

Esgaio. Quer agarrar um lugar na equipa A e merece-o, sem qualquer dúvida. Como ficou bem patente ao ser o melhor em campo no jogo contra o Gijón, na Galiza. É polivalente e tem a marca da nossa academia.

Tanaka. Um dos reforços que estão a causar mais entusiasmo entre os adeptos. Porque o japonês não se limita a movimentar bem dentro da área: também marca. E se há coisa de que o Sporting precisa é disso. De golos.

Rosell. Formado na escola do Barcelona, demonstra qualidade de passe, rigor posicional e capacidade de recuperação de bola. Passou no teste das primeiras impressões. Espreita já uma vaga de titular na equipa.

Naby Sarr. Internacional junior francês, chega aureolado de grande promessa. Deu boas indicações no jogo da Corunha, contra o Nacional de Montevideu.

 

NA MESMA

Rui Patrício. Depois de um Mundial para esquecer e de umas férias retemperadoras, parece ter voltado com a qualidade a que habituou os sportinguistas. Com a vantagem de este ano não haver especulações sobre a sua possível saída de Alvalade.

Cédric. Já mostrou que não receia a concorrência. O lugar de defesa direito é dele, por mérito próprio. Agora como era há um ano, ao regressar do empréstimo à Académica.

Jefferson. É um dos jogadores mais pendulares do Sporting. E também um daqueles que sabem cativar os adeptos. Por ter garra leonina. O exemplar livre directo que ontem marcou aos uruguaios no troféu Teresa Herrera é prova disso.

Capel. Passam os tempos, mas o extremo andaluz continua igual a si próprio. Sempre muito acarinhado pelas claques, sempre a suscitar aplausos das bancadas de Alvalade. Com as suas arrancadas pelas alas e os centros que costumam levar sinal de perigo. Fica a dúvida: permanecerá no Sporting ou será desta que regressa ao país natal?

Marcelo Boeck. Será esta a época da sua afirmação definitiva em Alvalade? Parece que não. Certamente não por culpa própria, mas apenas porque o titular se chama Rui Patrício.

 

EM BAIXA

Montero. Não marca desde um jogo contra o Gil Vicente, ainda na primeira volta do campeonato passado. Onde anda o goleador que empolgou as bancadas de Alvalade?

André Geraldes. Chega como reforço, mas a pré-temporada não deixou dele uma ideia muito lisonjeira. Falta-lhe maturidade e vocação atacante, algo que se exige a um lateral. Cédric não parece ter um concorrente à altura.

Paulo Oliveira. Ainda não mostrou as garras em Alvalade depois de se ter revelado um dos melhores defesas centrais portugueses ao serviço dos vimaranenses. Talvez seja apenas uma questão de tempo.

Slavchev. Considerado melhor jogador jovem da Bulgária na época anterior, passou ao lado da pré-temporada. Em grande parte por efeitos de uma lesão contraída ainda no país natal.

Shikabala. O egípcio continua envolto em mistério. Dizem que é bom tecnicamente, mas é "cego" do pé direito e sem disciplina táctica. Verdade? Mentira? Ainda não deu para comprovar. Foi recrutado como craque mas tarda em mostrar-se.

Gauld. O jovem escocês chegou rotulado de "mini-Messi" mas parece condenado a permanecer no Sporting B. Quase ninguém ainda deu por ele.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D