Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Poucochinho e o paizinho

0.2019.11.10.jpg

O poucochinho foi retirado do jornal (por assim dizer) A Bola de 2019.10.06, a segunda frase vem estampada no Record de hoje.

Para A Bola, o Benfica venceu em França.

Como sabemos o "poucochinho" refere-se a uma vitória segura*.

Bem, mas eu não queria escrever sobre a "vitória" do Benfica em França, quero escrever sobre o triunfo do Benfica que vestia de negro sobre o Benfica que vestia de vermelho.

O Benfica de vermelho adiantou-se no marcador com um excelente golo do Corvo (o Santa Clara está de parabéns pela iniciativa dos jogadores em vez dos nomes próprios, jogarem com os nomes das ilhas, boa promoção para o arquipélago açoriano), aquilo que vimos ontem nos Açores foi um bom jogo de futebol, bem disputado, bem arbitrado e com o sobrenatural a surgir no intervalo.

Sobrenatural? Perguntar-me-ão.

Sim, durante o intervalo, Lage reuniu os jogadores à volta duma mesa pé-de-galo e disse-lhes: "Eu vou ser pai, outra vez". É pá, não queiram saber, os jogadores ao ouvirem aquilo ficaram logo com uma motivação do caraças, foram para dentro do campo e venceram o jogo [ou isso ou umas vitaminas].

(Será que Lage não podia no intervalo do jogo com o Lyon ter proferido a frase mágica?).

Nós sportinguistas, infelizmente, sabemos bem o resultado que dá misturar a vida pessoal com a vida pública, devermos ser o único clube no mundo que passou imagens de uma ecografia nos ecrãs do estádio.

Os jogadores são para jogar, os treinadores para treinar e os jornalistas para contarem o que aconteceu, deixem de nos fazer de parvos, com justificações patéticas para as vitórias e com eufemismos nas derrotas, isto serve para todos os clubes, claro.

*Eu sei que muitas vezes se diz que por um se ganha e por um se perde. É verdade, no futebol é assim. Na política não é assim. É que a diferença faz muita diferença, na política. É que quem ganha por poucochinho é capaz de poucochinho. E o que nós temos de fazer não é poucochinho. O que nós temos de fazer é uma grande mudança in Diário de Notícias de 2014.07.12

32 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D