Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Ponto(s) da situação

Quando José Peseiro foi despedido, entre manifestações de intensa euforia de muitos sportinguistas, incluindo aqui no blogue, seguíamos dois pontos atrás do FC Porto no campeonato e estávamos só um abaixo do Benfica (cumprido já o difícil desafio na Luz). Apesar de termos acabado de perder jogadores nucleares e atravessado um dos Verões mais conturbados de que há memória.

Hoje, após nove jornadas sob o comando de Marcel Keizer, vemos os portistas a dez pontos de distância e temos o Benfica cima pontos acima. Apesar dos reforços entretanto chegados a Alvalade.

As coisas são o que são.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 31.01.2019

    Eu analiso as situações com base em factos. Tenho a maior dificuldade em analisá-lo com espírito de cartomante ou de espírita, género "eu acredito que, se não fosse assim, seria assado".
    As coisas são o que são.
    Com Peseiro, no início de época mais traumático de que há memória após um Verão negro, seguíamos a dois pontos do FCP e a um do SLB já depois de termos ido à Luz.
    Com Keizer, já com reforços, vamos dez pontos atrás do FCP, cinco atrás do SLB e quatro atrás do Braga. Num humilhante quarto posto.
    Com Keizer, perdemos dez pontos em nove jogos do campeonato. Mais de um ponto por jogo.
  • Sem imagem de perfil

    Ângelo 31.01.2019

    Por outro lado, os jogadores não tinham o desgaste acumulado que têm agora, não tiveram uma arbitragem como a de ontem, por exemplo.

    O Verão foi traumático? Não conseguirmos chegar perto da baliza adversária era porque os jogadores estavam traumatizados ou a pensar na morte da bezerra? Acho que exagera demais na importância do verão conturbado na performance dos jogadores e na capacidade de raciocínio táctico de Peseiro.

    As escandalosas acusações e processos de corrupção no benfica, parecem não afectar minimamente os jogadores deles.

    Enfim, temos um benfiquista a tomar conta da comunicação do clube e está a fazer um óptimo trabalho. A fazer do Sporting o bombo da festa e a voltar a ser o alvo dos árbitros, que com os outros três da frente, já têm mais receio de meter a pata na poça.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 01.02.2019

    Como é que você pode escrever que os jogadores "não tinham desgaste acumulado" se Bruno Fernandes não fez pré-época e pelo menos três jogadores cruciais - Bas Dost, Mathieu e Wendel - estiveram lesionados durante quase toda a permanência de Peseiro no Sporting?
    Você faz tábua rasa do que foi o ataque a Alcochete, do que foram as rescisões unilaterais, do que foram as tentativas (várias delas infrutíferas) de fazer regressar jogadores, do que foi o atribulado processo eleitoral, do que foi a campanha agressiva (com pelo menos um candidato a anunciar o pré-despedimento de Peseiro).
    Acha que alguém consegue trabalhar como deve ser num ambiente destes?

    Comparar esse Sporting de Agosto-Outubro com o de Novembro-Janeiro, já com estabilidade directiva e reforços de Inverno, não faz o menor sentido. E no entanto os números não são favoráveis a Marcel Keizer.
    Uma chatice, os factos. Eu sei. Mas é com eles que há debates sérios. Sem eles, só resta a conversa de café.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D