Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Ponto da situação

Estive com o presidente: os vastos arquivos deste blogue são a prova disso.

Estarei sempre com ele enquanto for parte da solução.

Deixarei de estar no dia em que me convencer que passou a ser parte do problema.

O facto de ele continuar imerso no facebook - até na auto-estrada Porto-Lisboa! - arengando que está farto de dirigir o Sporting ajuda muito pouco. Ou nada.

8 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 08.02.2018

    Paguei o meu lugar de época, não falho um jogo em Alvalade, contribuí para a Missão Pavilhão e é com orgulho que tenho o nome lá inscrito.
    Mais: nas horas difíceis, em que o destino do Sporting se jogava, critiquei com firmeza o consulado de G. Lopes, apoiei a mudança de direcção leonina e escrevi centenas de textos neste blogue em incentivo aos actuais órgãos directivos.
    Não admito que o presidente pretenda dar-me -- ou a qualquer outro membro deste blogue -- a menor lição de sportinguismo.
    E acho lamentável que por estes dias ele passe o tempo a queixar-se de falta de apoio e a confessar a sua imensa tristeza pelos sacrifícios que faz por presidir ao Sporting.
    É preciso ser muito ingrato para proferir tais desabafos - ainda por cima no espaço público, com todo o País a ouvir, ler e registar.
  • Sem imagem de perfil

    Leão da Estrela 08.02.2018

    Caro Pedro, Bruno de Carvalho sente ingratidão por todos aqueles que contribuíram para que concretizasse um sonho de criança. É triste. Muitos mais também tiveram sonhos e nunca tiveram hipótese de os alcançar.
    Se há alguém que deve sentir ingratidão, são os milhares de sócios que votaram nele e que continuam a apoia-lo.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 08.02.2018

    Acho cada vez mais inaceitáveis as declarações públicas do presidente do Sporting.
    Passa o tempo a queixar-se dos adeptos deste nosso clube ("lacraus") e agora todos os dias se lamenta do cargo que exerce.
    Então mas não foi ele que quis ser presidente?
    Na segunda-feira, naquela lamentável "conferência de imprensa" atreveu-se até a dizer isto:
    «Na próxima vez em que eu olhe para trás e veja uma parede, é a vez em que eu saio em definitivo.»

    Mas que raio de frase esta. Que tiro de canhão no pé. Que prato que está a proporcionar aos nossos rivais.
    Então ter mais de 40 mil pessoas em Alvalade, de quinze em quinze dias, é ver a "parede"? Então ter havido largos milhares de sportinguistas que contribuíram para a Missão Pavilhão é uma "parede"? Então ter ele próprio sido eleito, com percentagem esmagadora, na mais concorrida eleição de sempre no clube, é uma "parede"?
    Estes disparos tontos contra os sportinguistas são uma infâmia. Eu não os aceito de forma alguma, lamento.
  • Sem imagem de perfil

    Bosko 08.02.2018

    Pedro, convenhamos que, depois da polémica nos dias anteriores*, BdC, olhar para a plateia e sentir na pele as vaias e o boicote da assembleia, vindos de uma suposta minoria, afinal onde estavam os 86%?

    Não será bem o mesmo que olhar para uma parede, mas deve ser frustrante.
    Já os disparos indiscriminados de 2ª Feira, só posso comungar da sua indignação.

    * Inclui convites à oposição para participar.

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 08.02.2018

    Mas o Bruno tem medo de quê? Das bocas de anónimos nas redes sociais? Do Severino, com o seu esmagador 1% recolhido nas urnas? Do Madeira City, que se cobriu de ridículo com a campanha de há um ano em que saiu triturado?
    Por favor, Bosko. Quem não tem estofo para enfrentar "adversários" destes, mais vale na verdade sair de cena.
  • Sem imagem de perfil

    Bosko 08.02.2018

    Totalmente de acordo, fantasmas, mortos-vivos são os adversários, já deixei expresso noutros comentários que sob qualquer ponto de vista é lamentável o evoluir da situação. Apenas quis salientar que a parede que BdC refere terá sido a frustração que sentiu no final da AG.

    Começo a pensar que o problema de BdC, nos assuntos internos, é precisamente a falta de adversários, não existindo, inventa ... grupo do império, por exemplo. :)
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 08.02.2018

    Bruno de Carvalho terá lido à pressa uns manuais de liderança que recomendam a necessidade de criar inimigos para fortalecer o posto de comando.
    O problema dele é não ter medida. Em vez de disparar com revólver, lança mão da bazuca. Com isto perde a noção da realidade. E em vez de ser ele a escolher os inimigos acaba por semear adversários a cada intervenção que faz devido ao seu manifesto destempero verbal e à manifesta incapacidade de controlar o fluxo anárquico da sua própria oratória.
    Tudo coisas que em devido tempo foram criticadas aqui, com intenção construtiva, para evitar que o presidente do Sporting manifestamente já cometeu.
    Hoje - dia de aniversário - não se coibiu sequer de entrar num duríssimo confronto verbal com Vasco Lourenço, capitão de Abril e sócio há mais de quatro décadas do Sporting:
    Lamento, mas não é isto que esperamos de um presidente do nosso clube.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D