Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Pobre Sporting

0d7df3bd-f0c4-4529-9520-68392ed6a666_570[1].jpg

 

Num destes últimos serões televisivos, que se estendem durante horas a falar de tricas ligadas à bola, acamparam no estúdio três sócios do Sporting em jeito de conversa de café. Unia-os a vontade indómita de desancar no presidente, ainda Frederico Varandas não completara um ano de exercício das actuais funções.

Estes sportinguistas que começam cada frase com o pronome "eu" acabam por levar a água ao moinho dos nossos rivais. Enquanto eles gastam horas a disparar para dentro do clube, nem benfiquistas nem portistas precisam de desperdiçar munições: há sempre no Sporting quem se encarregue disso.

 

Mas afinal o que disseram tais sumidades?

«O Sporting tem dirigentes fracos, mal preparados. O Sporting precisa urgentemente de pessoas que conheçam o clube», esganiçava-se um.

«O Varandas falhou rotundamente», bradava o segundo.

«Ele não tem capacidade para liderar o Sporting», jurava o terceiro.

«Falta competência. Comigo isto não acontecia, garanto», insistia o primeiro, ainda mais empolgado do que os comparsas.

 

Entusiasmados com a própria oratória, iam engrossando o tom das críticas.

«Não me acredito que o presidente conheça os jogadores», escandalizava-se um destes cromos, enquanto clamava: «O que fizeram ao Thierry Henry? Era das escolas e venderam-no!» E foi insistindo: «Vendemos um jogador, o Thierry Henry...» Revelando ser ele próprio, afinal, quem parece conhecer pouco ou nada os profissionais do Sporting.

Um dos outros, para zurzir em Varandas, disparava: «Este mandato já teve quatro presidentes em menos dum ano!»

Enquanto o restante membro deste Trio Maravilha, confundido e baralhado, se saiu com esta: «O jogador que foi para o Olympiacos, o Bruno Pereira...»

 

Enfim, dá para avaliar o nível da coisa.

Mas o mais confrangedor foi verificar como assassinavam a língua portuguesa. Em particular a conjugação do malogrado verbo haver.

Retive estas pérolas:

«Nas assembleias gerais não houveram respeito pelos sócios...»

«Houveram pessoas que estavam noutras candidaturas que chamaram a atenção para os problemas que se estão a passar agora.»

«Para o ano, não vão haver activos no Sporting.»

 

Mudei de canal e pus-me a reflectir: esta gente não se enxerga.

Fazem figuras tristíssimas nas televisões, dando uma péssima imagem do nosso clube, e ainda alimentam a sôfrega ambição de sucederem a Varandas. Sem perceberem que, por contraste, o transformam quase num estadista.

Pobre Sporting: andas mesmo mal quando adeptos como estes se atrevem a falar por ti.

84 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D