Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Peripécias leoninas

O diálogo que se segue é retirado da excelente entrevista dada por José Milhazes a Rui Miguel Tovar e que pode ser lida aqui.

 

Vou contar-te uma história sobre aquela eliminatória entre Sporting e Spartak Moscovo para a Liga dos Campeões, a tal do Inácio. Se não me engano, o Sporting apanha lá três lâmpadas e cá mais três.

Verdade, vi o jogo de cá.
Eu também vi, a convite do presidente Dias da Cunha.

Eisch, grande honra.
Dias da Cunha é um gajo porreiro. Ouve-me lá isto: o Sporting vai primeiro a Moscovo e o Severino pede-me ajuda. Já sabia ao que ia e estava preparadíssimo. Já sabes como é, ajudar com as linhas telefónicas, com a linha RDIS, as tomadas e aquelas coisas todas. Como aquilo era tudo incompatível e trinta por uma linha, eu desbloqueava os problemas de qualquer jornalista. Às tantas, o Severino pergunta-me se quero traduzir o Spartak em Lisboa.

E tu?
“Pagam-me o bilhete e eu vou, claro que sim; aproveito e visito a família.”

Claro.
Lá fui e, na véspera do jogo, há o jantar entre os clubes. O Severino pediu-me para acompanhar e traduzir o pessoal do Spartak. Disse-lhe que sim, óbvio, e sabia que os gajos do Spartak tinham levado comida à grande e à francesa, entre caviar, vodca, esturjão. Aquilo eram baldes e mais baldes. Só para descargo de consciência, perguntei ao Severino onde ia ser o jantar.

Onde é que era?
No Hotel da Lapa. Quando chego lá e olho para a ementa, disse ao Severino “Está tudo lixado”.

Escalopes ou lombo de porco, não?
Pior que isso. Caldo verde, bacalhau à lagareiro e vinho verde.

Uyyyyyy.
Os gajos do Spartak sentiram-se ofendidos e recusaram-se a comer. Então os gajos vão lá com baldes de caviar e tal e dão-lhes peixe como nós damos ao gato. É quase a mesma coisa que convidares árabes e dar-lhes carne de porco.

Ahahahahahah.
Nem imaginas. Um ambiente todo bonito e metem-lhes as sopas à frente. Eles olham para aquilo, umas folhinhas a nadar com uma mortadela, e dizem ‘que merda de sopa é esta?’ Mas assim mesmo, nestes termos.

Vingaram-se no dia seguinte, está visto.
Espera aí, a história ainda não acabou porque os russos estão mesmo lixados e ninguém queria comer aquilo. Eles consideravam-se ofendidos e o Dias da Cunha só me dizia ‘nós só queremos mostrar o melhor que temos’.

Como é que isso se resolveu?
Pediram-me para resolver o problema e liguei para o Albatroz.

O hotel em Cascais?
Esse mesmo. Liguei e pedi-lhes para preparar em hora e meia, no máximo, uma travessa de marisco, com lavagantes, lagosta, santolas recheadas, camarões tigre e muita cerveja mais vodca. No dia seguinte, o Severino abraçou-me e quase me deu um beijo. “Ó Zé, isto é que é um jantar.” O Dias da Cunha também ficou contente.
 

2 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D