Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Parabéns, aos nossos amigos portistas…

… hoje o seu clube celebra o 115.º aniversário, alguns de vós dirão que não – querendo reescrever a história. Mas a história é o que é, e para assinalar esta data dedico-vos um artigo evocativo desta efeméride, publicado no jornal do vosso clube, no n.º 493, de 14 de Agosto de 1963.

 

22133468_rDOWt.jpeg

 

Se me permitem, transcrevo:

«No 57.º aniversário do F. C. Porto.

Por volta do ano de 1905, José Monteiro da Costa empreende uma viagem ao estrangeiro e regressa entusiasmado com um novo jogo, o jogo da bola. Comunica o seu entusiasmo aos seus amigos que se reuniam no Grupo do Destino, a que também pertenceu o saudoso José Bacelar. É através do carinho que José Bacelar votava às suas recordações e, muito especialmente, a tudo o se relacionava com o SEU F. C. Porto, o nosso [deles] Clube pode orgulhar-se de possuir, entre tantas autênticas preciosidades, que lhe legou a inultrapassável dedicação clubística de José Bacelar, uma flor de papel que esteve presente num dos jantares do Grupo do Destino.

Do entusiasmo de Monteiro da Costa pelo novo jogo da bola e do Grupo do Destino, nasceu a 2 de Agosto de 1906, o Futebol Clube do Porto. É oportuno, por isso, quando se comemora o 57.º aniversário do nosso [deles, obviamente] grande Cube, recordar e homenagear José Monteiro da Costa, o primeiro Presidente do F. C. Porto, e o Grupo do Destino, e todos os seu componentes, entre eles José Bacelar, grande figura do nosso [deles, repito] querido Clube, pois a todos se ficou a dever a criação do F. C. Porto.

E quando hoje, a cinquenta e sete anos de distância, se evoca essa data festiva de 2 de Agosto de 1906, e se tem presente essa pequena flor de papel do Grupo do Destino, legada ao nosso clube por José Bacelar, que é um verdadeiro símbolo da fundação do F. C. Porto, e quando se tem memória o grandioso aspecto da actual Sala de Troféus, onde se arquivam os testemunhos de tantas vitórias do F. C. Porto em todos os ramos do Desporto, bem se pode concluir que essa pequena flor do Grupo do Destino, apesar de ser de papel, floresceu em centenas de taças, salvas e troféus que são a medida da grandeza do Futebol Clube do Porto de hoje!

 

RAÚL CASTRO»

7 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D