Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Para que não venham mais Pongolles

Leio hoje no Record que um dos jogadores que não conseguiram colocação no mercado de transferências - e estão portanto disponíveis para jogar em qualquer clube a "custo zero" - se inclui o inefável Sunama-Pongolle. Ainda apresentado como "ponta de lança", embora não conste que marque golos.

Até me custa ver impresso este nome. Porque Pongolle simboliza, como alguns mais (Elias, Bojinov, Jeffrén...), anos a fio de péssima gestão desportiva e financeira em Alvalade. Anos em que se gastava primeiro - aquilo que havia e também o que não havia nos cofres do clube - e só depois se pensava nas possíveis consequências desse acto.

Foi o que aconteceu em Dezembro de 2009 com aquele jogador francês, adquirido ao Atlético de Madrid durante o breve consulado de José Eduardo Bettencourt por 6,5 milhões de euros, a pagar em três anos. Uma aquisição que entrou directamente para o pódio dos profissionais mais dispendiosos naquela temporada.

Foi um flop - como se diz agora, em "português técnico". Eu prefiro usar uma expressão mais antiga e expressiva: foi um fiasco. Esta contratação tornou ainda mais estratosférica a dívida do Sporting e em nada contribuiu para o nosso sucesso desportivo. O jogador acabou por ser emprestado ao Saragoça e ao Saint-Étiènne, vindo o contrato que o vinculava ao clube a ser rescindido em Agosto de 2012. O seu percurso após Alvalade só confirmou a dimensão do fracasso. Ultimamente jogava no Lausanne, onde também não deixou rasto.

É útil, de vez em quando, fazermos estas digressões pelo passado recente. Mais do que um saudável exercício de memória, ajuda-nos a estar sempre alerta. Para que os erros anteriores não voltem a ser cometidos. E não venham mais Pongolles somar-se à nossa vasta colecção de fiascos.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 03.09.2015

    Meu caro, não há comparação possível. Nem em termos financeiros nem em termos desportivos.

    Você é demasiado contido ao limitar-se a anotar "excederam-se" nos casos de Jefferson e Slimani. Foram contratados por 400 mil euros cada e o valor de ambos disparou em Alvalade.
    - Jefferson tem hoje um valor de mercado não inferior a 6,5 milhões de euros (o equivalente ao preço da transferência de Cédric).
    - Slimani vale hoje pelo menos 13 milhões de euros.
    É previsível que ambos se valorizem ainda mais nesta temporada, sob o comando de Jorge Jesus.
    Estas coisas também contam - e de que maneira. Pode indicar-me casos semelhantes ocorridos nos dois mandatos anteriores? Espero que não mencione Carriço, um dos frutos da nossa formação, despachado por 750 mil euros...
    E por falar em formação: você esquece-se de mencionar o valor financeiro de alguns jogadores da nossa formação registado já no decurso do mandato do actual presidente. Basta mencionar William Carvalho, cujo preço de mercado rondará já 26 milhões de euros (cito números impressos hoje no insuspeito 'Correio da Manhã').

    Sarr também nos trouxe mais-valias no plano financeiro: adquirido por um milhão, vendido por 2,5 milhões.

    Nenhum dos nomes que aponta chegou a Alvalade por um preço sequer aproximado ao que custou Pongolle.
    Mas a maior diferença é no plano desportivo: na era Bettencourt/Godinho ganhámos... zero; agora, em dois anos e meio, já temos uma Taça de Portugal e uma Supertaça.
    O caminho faz-se caminhando.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D