Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Os prognósticos passaram ao lado

Era de prever. Ninguém vaticinou o medíocre zero-zero final no dérbi lisboeta de sábado à noite. Chegou a haver até previsões de goleada, por parte dos mais optimistas, mas infelizmente confirmou-se a tradição: este Sporting 2017/18 foi incapaz de ganhar ao SLB, ao Porto ou ao Braga para o campeonato.

Não sei qual é a vossa opinião. Eu fico chateado. Muito.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 07.05.2018

    Há várias maneiras de analisar isto, meu caro.
    Eu acho inaceitável que uma equipa que pretende ser candidata ao título tenha 18 golos sofridos fora de casa (e ainda falta irmos à Madeira). Mais de um por jogo, em média.
    Acho ainda pior sermos só a quarta equipa mais goleadora.
    Atrás do Porto (com menos 19 golos!), do Benfica (com menos 17!) e até do Braga (com menos 12!).

    Isto nada tem a ver com árbitros. Tem a ver com a "filosofia de jogo" do treinador e a sua aplicação prática pelos jogadores.
    Não são números de equipa campeã. De tal maneira que, uma vez mais, deixámos voar o título - pela terceira vez com Jesus ao leme do plantel.

    O melhor que aspiramos é ao segundo posto.
    Como no tempo da saudosa época do Leonardo Jardim, quando tínhamos um orçamento três vezes inferior ao actual no futebol.
  • Sem imagem de perfil

    JG 07.05.2018

    Leonardo Jardim com este orçamento ganhava o campeonato com dez pontos de avanço. Mas Leonardo Jardim é um homem muito ponderado e sábio apesar de jovem. Percebeu avant-la-lettre quem era o líder do clube. Optou por por-se ao fresco.
    Um projecto mais gradual -o que pressupõe estabilidade,a começar pela emocional de quem lidera- teria dado resultados mais cedo e com menos custos. No segundo ano já se exigia o título e Março Silva foi o senhor que se seguiu na voragem, até chegar o Salvador.
    Agora acabamos, como o JHC mostra, agarrados aos erros dos árbitros para tentar esconder a triste realidade. Com JJ quanto mais recursos deitamos sobre a equipa de futebol pior é a qualidade do jogo e maior o caos e a crise instalados no clube. Menor é a valorização da Academia mais improvável a sustentabilidade do clube.
    Parece que algumas pessoas têm muita dificuldade em perceber o que se está a passar. Talvez precisem de ler o Facebook do pai do Presidente
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 08.05.2018

    Questiono-me se o pai do presidente, ou quem terá escrito aquilo por ele, será "sportingado".
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D