Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Os melhores golos do Sporting (31)

Golo de MARCO CANEIRA

Sporting-Inter de Milão, 1-0

12 de Setembro de 2006, Estádio José Alvalade

 

Esta grande série colectiva volta ao início para recordar uma das grandes noites europeias do nosso clube, uma de várias que já assistimos no Estádio José de Alvalade. 1ª jornada do Grupo B da edição 2006/2007 da Liga dos Campeões. Sporting com um grupo nada fácil - Inter de Milão, Spartak de Moscovo e Bayern de Munique.

 

Quis o destino que o primeiro jogo fosse em casa com os transalpinos. Hoje, o Inter não assustaria tanto como então, visto que nessa noite quente de fim de Verão a equipa de Milão apresentava no seu onze, entre outros, Toldo, Córdoba, Stankovic, Patrick Vieira, Walter Samuel, Ibrahimovic e o "nosso" Luís Figo. Era um gigante europeu com uma equipa recheada de craques. Um adversário à altura do Sporting. 

 

Do nosso lado estavam Ricardo, Polga, Marco Caneira, Tonel, Abel, Nani, Miguel Veloso, João Moutinho, Romagnoli, Djaló e o levezinho Liedson. Oito portugueses, alguns deles craques da formação de Alcochete, contra as estrelas do Inter. Um David contra um Golias. 

 

Mas nesse jogo, onde Ricardo e a nossa defesa foram várias vezes testados, a magia percorria o meio-campo leonino e o avançado contrava com dois quebra-cabeças, Djaló nos movimentos e Liedson nas finalizações. Jogo vibrante, com várias oportunidades para cada lado, teve um herói mais-ou-menos-improvável. Menos, porque nestes jogos apontamos sempre como prováveis marcadores os extremos endiabrados, os médios criativos ou os avançados temíveis. Mais, porque Caneira, nas épocas que fez de Leão ao peito, várias vezes foi chamado para bater os livres (embora sem muito sucesso, diga-se).

 

Nessa noite, os astros alinharam-se e um excelente passe longo de Tonel foi directo à peitaça de Marco Caneira, libertou-se de Maicon e atirou à baliza um remate bem colocado, que ao fugir do enorme Francesco Toldo beijou a trave e morreu nas redes defendidas pelos italianos. Alvalade explodiu, estávamos a vencer ao todo-poderoso Inter de Milão. Aguentámos e no fim os 3 pontos ficaram em Lisboa. Uma noite de glória europeia com um golaço inesquecível do lateral Marco Caneira.

 

3 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D