Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Os jarretas (antologia 2015/16)

 

Vejo que ainda não te passou a azia devido à contratação do Jesus.

- Nem vai passar. Detesto ver lampiões a treinar a minha equipa.

- Mas Jesus é sportinguista, com cartão de sócio e tudo! Nunca foi lampião.

- Queres comparar com o Marco Silva?

- Sim, quero. O Jesus é muito melhor. E a propósito: o Marco Silva é que é lampião.

- Isso agora não interessa nada. O que interessa é que o Marco era um cavalheiro, não um lambrego como este. Já o viste a mascar chiclete de boca aberta? Aquilo até parece a gruta do Ali Babá...

- Quero lá saber da chiclete! Quero é que ele oriente bem a equipa, como tem acontecido.

- E eu quero lá saber da forma como ele orienta a equipa! Quero é que ele feche a boca enquanto masca.

 

(...)

 

- Apesar de a concorrência ser forte lá vamos somando pontos.

- Dizes bem. Grão a grão, enche a galinha o papo...

- Isto deve-se, em boa parte, aos jogadores.

- Longe de mim discordar disso.

- Mas deve-se sobretudo à qualidade do treinador, que é inegável.

- Cada vez concordo mais contigo. Sobretudo na importância do treinador, que é o aspecto mais decisivo para revelarmos tão boa forma.

- Sim, senhor. Hoje nem parecemos nós. Estamos de acordo em tudo!

- Algum dia haveria de ser. Mas eu estou mais admirado que tu.

- Porque é que te admiras que eu esteja a fazer estes merecidos elogios à nossa equipa?

- Porque dantes criticavas o nosso treinador.

- Criticava o treinador? Quando é que me ouviste criticar o Jorge Jesus?

- Jesus? Quero lá saber do Jesus! Eu estava a falar do nosso treinador, o Marco Silva. Já reparaste bem no excelente trabalho que ele tem vindo a fazer no Olympiacos?

 

(...)

 

- Nunca se tinha visto coisa assim.

- Falas de quê?

- Da nossa vitória frente ao Benfica, claro. Por números que jamais tinham acontecido. Houve festa rija lá em casa. E na tua?

- Na minha não houve festa.

- Não me digas que não celebraste a vitória da nossa equipa...

- Festejei à minha maneira. Celebrei para dentro.

- E por fora?

- Mantive-me impassível. Aliás não queria incomodar os vizinhos.

- Eu estive-me nas tintas para isso. Até porque os meus vizinhos são todos do Sporting! E ao menos bebeste umas cervejolas?

- Não. Bebi meio copo de água com um comprimido de Alker Seltzer dissolvido. Estava sem sede e sentia alguma azia: devo ter abusado dos croquetes ao almoço.

 

(...)

 

- Tu agora, com essa idade, viraste tripeiro? Nunca te imaginei na mesma trincheira do Pinto da Costa... Mas ainda agora dizias que o clássico vai ser decisivo!

- Vai ser, claro. Decisivo para correr com o Bruno do Sporting. Esse deve ser o objectivo supremo de todos os verdadeiros sportinguistas, aqueles que a todo o instante sentem o clube a vibrar nas veias e no coração, como acontece comigo.

- Correr com o Bruno?!

- Sim. Para que ele seja corrido o Sporting tem de perder tudo, não percebes? O meu campeonato é este. Ainda não tinhas entendido, meu grande morcão? Anda daí: vamos comer uma francesinha.

2 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D