Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

5 comentários

  • Imagem de perfil

    António de Almeida 20.12.2018

    Estimada CAL

    Espero que este vídeo não desvalorize o acto infame de 15 de Maio. Mas não vem mal que possamos olhar para trás e começar a desdramatizar o que vivemos. Desde que nunca o esqueçamos. Aliás, esse dia deverá em meu entender ser anualmente evocado, para que nunca se repita. Por mais fervor que possa existir no apoio, nunca perder de vista que o desporto não é um assunto de vida ou morte...
    Obrigado pelos votos de Feliz Natal, que naturalmente retribuo.
    Saudações leoninas
  • Imagem de perfil

    CAL 21.12.2018

    Muito caro António de Almeida,
    uito obrigada pelos votos.
    Acho importante e até oportuno que se aborde 15/05. Gosto do conceito, mas abordaria a problemática de uma outra forma. Em grande medida, em linha com a abordagem escolhida para fechar com chave de ouro (Bas Dost). Fechar com Bas Dost, parece-me genial. Fechar com Bas Dost em contexto futebolístico, sem referências directas a 15/05, parece-me duplamente genial. Isto dito, e só para contrariar(-me): imagine Bas Dost ajoelhado a abraçar a menina das trancinhas, a ser abraçado por mais quatro ou cinco crianças equipadas de verde e branco. Imagine que o grupinho de equipados começa a fazer cócegas a Bas Dost e que este fica deitado de costas para o relvado a rir enquanto a pequenada continua a fazer-lhe cócegas e que a pequenina das trancinhas dá-lhe um beijinho na testa. E que o pequeno grandalhão, sorri e dá-lhe um beijinho de volta. É sinal inequívoco de "está tudo bem", Desta forma, bordou-se o problema por uma via "positiva". Bom, aqui, até eu ficava de lagrimita no canto do olho. :)

    Outro exemplo: o plano das portas de vidro, que aparece filmado ao mesmo nível da entrada da sua encapuzados, se filmado ao nível da altura dos miúdos, como se a câmara fosse um miúdo, localiza-nos (no espaço problemático) mas sem uma colagem ao negativo.

    Ou então, imagine que todas as crianças estão equipadas à Sporting, estavam a assistir ao treino dos séniores, começaram a falar ao ouvido umas das outras, abordaram o Jubas, que se dobra enquanto uma (ou duas) lhe fala ao ouvido, e a pequena mascote dá sinal de aprovação e ainda treinam entre si a fina arte de... fazer cócegas. :) Agora, imagine o Jubas a aparecer de esguelha, a ver se não há ninguém e se pode passar a puxar/empurrar um carrinho cheio de embrulhos verdes e uma ou outra criança sentada, no meio do grupo que se dirige para os balneários e que passa as fatídicas portas de vidro, estando tudo a ser filmado ao nível da pequenada. A tónica, é toda ela a resignificação (positiva) do espaço, sem o (potencial) gatilho para o que de negativo associamos ao mesmo.

    Aquele plano inicial, o capuz... Ai.

    A minha aposta em criançada equipada à Sporting, seria a ligação directa, objectiva, concreta, entre os primeiríssimos níveis de formação (EAS+AS) e o fim último: a equipa sénior que, no caso, é quem estava a pedir "beijinho no dói dói". :) Seria a união, a reparação e a garantia do futuro.

    SL..!
  • Imagem de perfil

    António de Almeida 21.12.2018

    Cara CAL
    Espero sobretudo que lá mais para a frente, na data propriamente dita, possamos fazer uma reflexão no clube sobre o 15 de Maio. E toda a forma de viver o clube que levou a que o infame episódio ocorresse. Sem traumas, sem objectivos de revanche, mas também sem tabús, não temos que varrer para baixo do tapete o que nos envergonha, é preferível enfrentá-lo.
    Mas ainda não chegou esse tempo, para já é Natal, penso que o objectivo primeiro do vídeo terá sido mostrar que temos futuro, confiança e que o passado de má memória já lá vai. O que não nos matou acabou por nos fortalecer.

    SL
  • Imagem de perfil

    CAL 22.12.2018

    Ora aí está, muito bem observado da sua parte. Reflexão sobre 15/05 e o que se vai (Sporting) fazer nessa data. Espero que a estrutura tenha oportunidade de reflectir e de pôr em marcha uma ou outra iniciativa que dignifique quem e como somos. Integralmente de acordo quanto à indesejabilidade de agirmos como se não tivesse acontecido.
    15/05, teve também o condão de pôr-nos a ler (e conhecer) os estatutos (dificilmente, em algum outro momento da nossa história, tantos Sportinguistas os leram), de mobilizar tantos Sportinguistas na defesa dos interesses do Clube, de trazer "sangue novo" para os órgãos de gestão. É um facto que terminamos 2018 com pendências aborrecidas e que ainda podem trazer-nos dissabores, mas, diria eu, só temos de entrar em 2019 orgulhosos pela resiliência e militância que a larga maioria demonstrou.

    Sim, o futuro verde e branco está assegurado. :)

    Calorosas saudações natalícias e leoninas.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D