Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    JHC 20.12.2018

    Até tenho receio em comentar posts do caro António Almeida. Não gostaria de passar a impressão que estou sempre contra tudo que é escrito.
    A intenção pode ter sido boa, mas tenho de concordar com o anónimo.
    Desculpem, provavelmente é de mim, mas o que o clube sofreu com o ataque à Alcochete é demasiado negro para servir de mote para uma mensagem de Natal.
    Para mim foi uma ideia infeliz e muito parecida com as técnicas do Benfica que converte os erros em campanhas.
    Está feito, está feito. Espero que para a próxima sejam criativos e escolham temas que transmitam os nossos valores.

    SL
  • Imagem de perfil

    António de Almeida 20.12.2018

    Apesar de apoiante da actual direcção, não deixo de criticar, escrevi acima que associar um acidente de graves consequências a um aniversário, é algo parvo.
    Respeito quem pensa diferente, pessoalmente considero o dia 15 de Maio como a página mais negra na centenária história do clube, mas não deve ser esquecida, antes pelo contrário. Para que não se repita, para que o fanatismo, o extremismo, aquilo a que chamam a tal mentalidade ultra, não mais volte a ditar regras num clube desportivo.
    Utilizar crianças foi a meu ver uma ideia brilhante nesta quadra.
    Saudações leoninas.
  • Sem imagem de perfil

    JHC 20.12.2018

    Estive fora e não acompanhei nada do que aconteceu hoje. Deparei-me com o vídeo neste post e perguntei "qual foi a ideia? ".
    Acabei de ler o comunicado de Miguel Cal sobre as razões para o vídeo. Os jogadores foram escutados e concordaram em participar nesta campanha.
    Para mim este episódio é demasiado recente. Existem menores presos (estúpidos mas não assassinos e ladrões como outros que se passeiam livremente) que não passarão o Natal em família. Tivemos jogadores que rescindiram e que entraram com processos contra o Sporting. Ainda estamos a sofrer na pele as consequências daquele dia.
    Aceito que para Bas Dost tenha sido uma forma de exorcisar o que passou. Merece todo o nosso apreço. Foi agredido e exposto de forma revoltante pela CS e conseguiu ultrapassar esta crise com o apoio do Sporting e da sua família.
    Resumindo, penso que era evitável.
    No entanto desejo que os sportinguistas retirem do vídeo o que de positivo ele tem. Aparentemente está a ter boa receptividade. Isso é que importa.
    SL
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D