Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O que disse Sousa Cintra

cintra1254bb81_base[1].jpg

 

«Rui Patrício é um jogador fantástico, dos melhores do Mundo. Quis sair e não vale a pena voltar atrás. A verba que o Sporting vai receber é à volta de 18 milhões de euros, um pouco menos.»

 

«O lugar de Bruno Fernandes é no Sporting e estou convencido que isso vai acontecer. Espero dar essa notícia aos sportinguistas. Com Podence é igual. Espero que isso aconteça porque estou a tratar desse assunto. Estamos a conversar.»

 

«Gelson? O meu desejo é que ele regresse, é um jovem com grande futuro. Não sei... Se sair, leva uma nódoa. Quero o melhor para Gelson, mas não posso deixar de defender o Sporting, as negociações não podem ser feitas de qualquer maneira.»

 

«Com um contrato daqueles, super milionário e absurdo... Não tenho nada contra ele [Mihajlovic], mas nunca ganhou nada. Não havia quaisquer vitórias. Sabia que foi um grande jogador a marcar livres mas o Sporting não precisa de um marcador de livres.»

 

«O Augusto Inácio é um funcionário, está lá. Porque deixaria de estar? Não vou dizer que vai haver um novo director desportivo, quero é que o Sporting tenha um bom desempenho e para isso as pessoas têm que estar empenhadas.»

 

Esta noite, à SIC e à SIC Notícias, em entrevista conduzida pelo jornalista Paulo Garcia

6 comentários

  • Perfil Facebook

    José Neto 04.07.2018

    Não tenho dúvidas que a aproximação a Mendes e à Doyen não trará nada de bom no médio/longo prazo. Todavia, neste momento o importante é normalizar o clube e isso significa minorar ao máximo os impactos dos últimos 2 meses. Já disse noutro post que não me parece que o Sporting necessite de grandes contratações, 3/4 no máximo. Se confirmar-se a volta de Podence e Bruno, Leão também acho que era de fazer tudo para voltar, mas sobre esse Cintra nada falou, precisamos de um trinco, a sério, e um médio ala a sério, se Coates sair mais um central, jovem e bom para jogar ao lado de Mathieu, e fecha-se o plantel. William penso que se estivermos a falar de 15/20 milhões é bem vendido, Battaglia e Gelson, ir até às últimas consequências, pois acho que ganhamos em tribunal e será mais proveitoso, Bas Dost é o que der que aí não temos hipótese, nem acho que tenhamos moral para lhe pedir nada. Para resolver estes problemas até ao início de época a aproximação a Mendes e à Doyen, no curto prazo, pode ser benéfica e a estratégia da CG parece-me acertada. Em Setembro com a entrada do novo presidente, se o clube já estiver normalizado e com a época encaminhada, a estratégia deve ser a seguida por BdC manter, sem hostilizar, esta corja longe do clube. Construir uma equipa de scouting e negociação forte para identificar e contratar jogadores de forma autónoma.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 04.07.2018

    De momento precisamos de contactos com Mendes e outros empresários. Seria um monumental erro empurrar com a barriga e esperar que fossem os tribunais a resolver o contencioso com os nove jogadores que rescindiram. Sobretudo neste momento em que o Sporting precisa de dinheiro para montar um plantel com um mínimo de ambição.
    Se Mendes é empresário do Rui Patrício e do Podence, obviamente, há que falar com ele.
    Seguir a estratégia do Carvalho, que cortava com tudo e todos, resulta naquilo que resultou: num beco sem saída.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 04.07.2018

    Aliás estratégia hipócrita: enquanto bradava em público contra Mendes, encarregava o administrador da SAD Guilherme Pinheiro de negociar com Mendes, em nome do Sporting, a transferência de jogadores como Rui Patrício.
  • Perfil Facebook

    José Neto 04.07.2018

    Pedro, mas há dúvidas sobre o que sempre foi BdC e que com o poder cada vez maior que, progressivamente, os sócios lhe foram conferindo veio à tona de vez??? É que para mim já é visível há muito e nas últimas eleições só teve o meu apoio porque a alternativa, MR, simplesmente não o era. Na Assembleia Plebiscitária eu já era frontalmente contra a alteração dos estatutos e a sua presidência, e defendia que estava-se a entrar num caminho sem retorno, positivo claro. Agora é apanhar os cacos e andar para a frente, mas sem esquecer o que ele fez de bom e que é para continuar, mas também o que veio antes dele. Entre o 8 e o 80 tem de aparecer o 40 e é isso que procurarei nos futuros candidatos às eleições de Setembro.

    SL
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 04.07.2018

    Muito bem. Faça isso, caro José Neto.
    Eu farei o mesmo.
    Precisamos da justa medida: nada de radicalismos ou extremismos, que não se inserem no ADN leonino.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D