Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O melhor para o melhor!

A confirmar-se que Jesus assina pelo Sporting, para mim, como inefável sportinguista, é a melhor notícia vinda do Sporting de que me lembro.

Jesus é o melhor treinador português da actualidade e isso é factor mais que suficiente para eu ficar extasiado. Quero que o Sporting seja o melhor e tenha os melhores! Vejo esta sua vinda para o Sporting com contornos quase sebastianistas.

Para além disso:

1. Jesus com certeza terá exigido a permanência dos principais jogadores do clube (com excepção de Nani), o que faz com que a perspectiva de ver sair William, Carrillo, Montero, Patrício, Mané e Slimani seja neste momento muito mais distante do que há dias atrás;

2. os sportinguistas vão ter a oportunidade de ver uma equipa defender com uma qualidade extraordinária e um ataque com dois avançados - com Montero (nem quero pensar que com Jesus possa sair) a render o dobro;

3. parece que deixaremos de ter o presidente no banco;

4. espero a confirmação de que com uma formação de top Jesus apostará e potenciará jogadores formados pelo clube.

 

Bem sei que os contornos económico-financeiros desta decisão, nomeadamente, o futuro da participação accionista do clube na SAD, poderão não ser evidentemente os melhores, mas, perdoem-me, tenho o raciocínio demasiado toldado com a possibilidade de ver o Sporting com uma qualidade de jogo superior para pensar na diluição da participação do clube na SAD por incorporação de suprimentos de outros accionistas.

 

Nada tenho contra Marco Silva, até via com interesse a sua manutenção à frente da equipa (numa lógica de não começarmos do 0 com outro treinador de qualidades idênticas), mas julgo que é demasiado fácil perceber que Jesus é muito superior a Marco Silva e que havendo possibilidade de ter o melhor não faz sentido ter o segundo melhor.

Além disso, ao longo da época fui expressando neste blog a minha opinião sobre o trabalho de Marco Silva, medida exclusivamente pela qualidade de jogo apresentada pela equipa, e ficou claro para mim que neste aspecto o percurso de Marco Silva no Sporting foi decrescente. A equipa tinha muito melhores princípios de jogo no início do campeonato que no final e isso apenas pode ser imputável a Marco Silva.

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D