Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O estranho caso de Diego Capel

600[1].gif

 

Não sei o que se passa com este jogador. Foi durante duas épocas um símbolo inequívoco de espírito leonino. Entrava em campo com fome de bola, entregava-se ao jogo com alma de leão, percorria a linha lateral na obsessão permanente de fazer cruzamentos com perigo, era o primeiro a ser castigado em falta pelos adversários, a quem sacou inúmeros cartões amarelos ou vermelhos.

Compensava em combatividade aquilo que lhe faltava em virtuosismo técnico. As bancadas adoravam-no. As claques gritavam pelo nome do andaluz que chegou a jogar na selecção espanhola.

Subitamente, no ano passado, Diego Capel parece ter perdido o fulgor. Quando era chamado, revelou-se apático e ausente, sem a energia anímica de outros tempos. Apesar de continuar a ser um dos elementos mais bem pagos do plantel.

Passou a ser convocado menos vezes e a jogar menos minutos quando entrava em campo. E nessas ocasiões raras vezes justitificou a aposta nele feita pelo treinador, Marco Silva.

Com a chegada da actual pré-temporada e o desembarque de um novo técnico em Alvalade, surgiu-lhe outra oportunidade. Jorge Jesus não tardou em fazer constar para a imprensa que lhe reconhecia mérito e tencionava apostar nele. Uma espécie de tónico psicológico que parece não ter surtido efeito em Capel. De tal maneira que já se fala no andaluz como um dos prováveis dispensados da nova época - a par de Labyad, Slavchev, Sarr, Viola, Heldon, Diogo Salomão e Wilson Eduardo. E ele parece resignado, baixando os braços sem mostrar o que vale nos treinos.

Confesso que para mim é um mistério.

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D