Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O dia seguinte

Foi um jogo em que o Sporting demonstrou que é uma equipa doutro escalão deste Sp.Braga. Difícil mesmo de explicar a algum estrangeiro que por acaso tenha ido ver o jogo como é que ainda estamos com 5 pontos de atraso da mesma na Liga, concluída que foi a 1.ª volta. Mas o facto é que ainda estamos, e todos sabemos porquê.

Depois do 0-5 para a Taça da Liga o treinador do Sp.Braga esmerou-se e tentou anular o Sporting com um encaixe perfeito de sistemas tácticos, o 3-4-3 do Sporting contra o 3-4-1-2 do Sp.Braga, mas veio ao de cima a diferença de categoria individual e colectiva dos intérpretes.

A primeira parte foi toda do Sporting, muito pela acção conjugada dos dois médios Ugarte e Morita e dos dois interiores Pedro Gonçalves e Edwards. Marcou um golo numa magnífica assistência de St.Juste, podia ter marcado mais um ou dois, o resultado ao intervalo pecava por escasso.

Na segunda parte esperava-se que o Sp. Braga entrasse transfigurado, mas o jogo recomeçou igual, a equipa adormeceu a pedir uma falta inexistente e o Sporting marcou o segundo. Não contente com a sua responsabilidade na situação, o mesmo jogador que tinha caído a reclamar a referida falta foi por ali fora, sofreu desta vez mesmo uma falta, e não satisfeito com o apito do árbitro foi para cima dele reclamar forte e feio, levou swgundo amarelo e foi tomar banho.

Depois disso o Sporting ficou ainda mais confortável no jogo, foi refrescando a equipa e marcando mais golos. Acabou com cinco, podia ter acabado com sete ou oito, tantas foram as oportunidades.

 

Foi uma grande noite para Rúben Amorim, o arquitecto desta grande vitória, na prática uma dupla vitória:

1. O Sporting venceu de goleada o adversário que segue imediatamente à nossa frente na classificação, tornando mais próximo o objectivo de acesso à Champions. Um adversário que alguns diziam que tinha melhor plantel que o Sporting, que o seu presidente "trolha" é um génio do negócio, que isto e que aquilo. Nem o maior clube da cidade de Braga sabe os admiradores fervorosos que tem cá por baixo.

2. Num só jogo, o Sporting fez crescer o plantel duma forma que poucos conseguiriam prever, eu incluído. Esgaio fez a melhor exibição pelo Sporting desde que voltou do Braga, St.Juste esteve soberbo nos 90 minutos e teve uma assistência para golo, Fatawu demonstrou ser uma alternativa mais que válida para ala esquerdo, Chermiti esteve irreconhecível obviamente para melhor, pelo menos para mim. Grande trabalho de laboratório de Amorim nos últimos meses pós-lesão de que ninguém deu conta.

E como só o Paulinho é que tem de marcar golos para ser um bom ponta de lança, então temos ali um ponta de lança de qualidade que só mesmo Amorim sabia que existia.

Some-se a isto os bons desempenhos de Tanlongo no lugar de Ugarte e de Arthur no lugar de Edwards e temos mesmo de olhar para o plantel com outros olhos.

Melhor em campo? Marcus Edwards, pelo golo que marcou e pelas incursões em zonas interiores que protagonizou, extremamente perigosas para a defensiva contrária, e sempre solidário na acção defensiva (mais uma vez o dedo de Amorim a funcionar) mas todos os outros estiveram muito bem, com excepção dum tristonho Trincão. Que se passa contigo, rapaz, que estavas tão bem há um par de meses?

 

E agora? Agora é ir ganhar a Vila do Conde, tal como fizemos para a Taça da Liga. Mas não vai ser fácil.

Jogo a jogo lá chegaremos ao objectivo.

SL

22 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D