Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

O crime compensa

vip-pt-32013-noticia-rui-patricio-depois-da-instab

 

Rui Patrício, alvo das injúrias e das agressões criminosas dos membros da Juve Leo no Funchal, na garagem de Alvalade e em Alcochete, e das patéticas imprecações do presidente do Conselho Directivo na véspera da final da Taça de Portugal, está mesmo de saída.

É uma baixa duríssima para o Sporting, que perde assim o seu capitão, titular absoluto da selecção nacional, indiscutivelmente o melhor guarda-redes português, campeão europeu em título e um dos melhores jogadores da sua posição a nível mundial.

É também o segundo jogador que mais vezes vestiu a camisola verde e branca, logo após o grande Hilário da Conceição. Assim encerra uma carreira de 18 anos cumpridos sempre ao serviço do Sporting, incluindo passagem por todos os escalões da formação leonina e uma década como profissional na equipa principal.

Eis mais uma conquista de Bruno de Carvalho: perdemos um dos nossos maiores valores. Hoje é dia de festa para os grunhos que a 5 de Maio lhe lançaram tochas incendiárias para cima da baliza onde ele tantas vezes brilhou e para os jagunços que a 15 de Maio espalharam o terror na Academia de Alcochete: queriam vê-lo pelas costas e conseguiram. Um clube que tem "adeptos" destes, não precisa de inimigos.

Arrivederci, Rui.

4 comentários

  • Sem imagem de perfil

    JG 28.05.2018

    (o texto acima estava mal escrito com vários erros)
    Por uns míseros 18 milhões? Muito abaixo dos 25 de que se falava recentemente. Mas, interessará sobretudo “despachar” Patrício para bem longe, ele que mostrou ter uma coluna vertebral difícil de dobrar às investidas do Presidente e dos seus acólitos.
    Há um argumento terrível que é o de que o jogador sempre desejou sair do Sporting, em busca de mais dinheiro. Aplicar este argumento ao jogador que, como salientou o Pedro Correia no seu post, é o segundo com mais jogos realizados pelo clube, apenas superado por Hilário, é de uma pobreza franciscana. O outro é o de que o jogador, caso queira sair do clube por causa dos acontecimentos recentes, está a ser ingrato e a confundir 50 selvagens com os milhões de adeptos. Este argumento (?) permitiria que caso dez terroristas, ou talvez 5, todas as semanas enfiassem um camaço de porrada no “bom do Rui Patrício”, ou aproveitassem cada jogo em Alvalade para o bombardearem com as tochas armazenadas durante a semana, fosse possível defender que o jogador deveria continuar firme no seu posto, já que tinha o apoio de ainda mais adeptos do que desta vez. Este argumento ignora, ou pretende ignorar, o clima interno e a rutura institucional - promovida por Bruno de Carvalho - entre o Conselho Directivo e o plantel, de que a mais patética expressão foi a surreal conferência de imprensa de BC na véspera da final da Taça, na qual acusou Rui Patrício de ter estado na origem da invasão da Academia pelos terroristas de serviço, porque lhes terá faltado ao respeito.
    Por 18 milhões não compramos um guarda-redes como Rui Patrício e, como recordava Manuel Fernandes, este é o lugar mais difícil de preencher
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 28.05.2018

    Manuel Fernandes tem toda a razão. Aliás, não admira. Sabe mais sobre futebol a dormir do que todo o Conselho Directivo do Sporting acordado.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 28.05.2018

    Do que tu, sabe de certeza!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D