Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Notas soltas sobre a crise

Estava a escrever um grande lençol sobre a crise quando parei a meio, porque me pareceu uma chatice. Felizmente, tanto o Adelino Cunha como o Paulo Gorjão escreveram boa parte do que quis dizer no dito lençol. Acrescento só uma ou duas notas soltas:

 

1) Quebrou-se um certo elo privilegiado entre os sócios/adeptos do Sporting e este presidente. E por uma razão simples: ele foi eleito para não repetir erros do passado. Mas nas últimas semanas levou-nos pela sua própria mão de volta a esse passado. O presidente "que percebe os sportinguistas" desta vez não os percebeu.

 

2) O povo do Sporting (como lhe chama o Adelino e como tentei dizer aqui) percebeu antes do presidente os erros que não se podem repetir. O presidente tem agora uma oportunidade para aprender esta lição popular. Se a aprender, juntará uma nova forma de governar a tudo o que já fez de bom pelo clube. E isto inclui uma certa forma de se dirigir para o exterior, que teve muita utilidade ao início mas que agora ameaça tornar-se cansativa e infrutífera. Afinal, também ele ainda não tinha percebido muito bem o que é o Sporting. Talvez agora tenha realmente percebido.

 

3) Parece-me que Marco Silva também aprendeu. Ontem, deixou-se de lirismos e apostou numa equipa mais realista. Mais assente na defesa, sem deixar de ser perigosa no ataque. Também ele ficou prisioneiro do povo do Sporting, dado o partido que o povo tomou por ele. Isso talvez o leve a menos romantismos e afirmações de personalidade em campo, só para provar certos pontos. Da crise, é capaz de ter nascido uma equipa mais sólida.

 

4) Quem não gosta de Bruno Carvalho e quem não gosta do Sporting ganhou um herói sportinguista: Marco Silva. Vão passar a ter de torcer por ele, porque se empenharam a lutar por ele nesta crise. A imprensa do Sporting vai, por isso, melhorar. Isto é cínico? Pois é, mas quem disse que o cinismo (como a ingenuidade, no extremo oposto) não contém uma parte de verdade?

3 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D