Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

No campeonato do disparate

O Sporting acabara de ganhar. Em casa, onde não perde há 20 jornadas. Por números concludentes: 2-0.

Mas logo os dois marretas de serviço ao "comentário" na SIC Notícias, Joaquim Rita e Ribeiro Cristóvão, se apressaram a desvalorizar esta vitória, que coloca desde já a nossa equipa no pódio da Liga 2014/15.

Um deles chegou a dizer que o Nacional foi superior na primeira parte. Esquecendo-se de especificar que os madeirenses fizeram apenas um remate perigoso, travado de forma competente por Rui Patrício aos 28', e mal chegaram à nossa baliza durante todo o segundo tempo.

E entenderam-se ambos em eleger Cédric como "figura do Sporting", para dar a entender que passámos mais tempo a defender do que a atacar.

Como se não tivesse jogado um Montero, que fez dois golos (e vão quatro, em dois jogos consecutivos). Como se na segunda parte não tivesse jogado um Carrillo, que voltou a fazer uma assistência para golo (e vão 10 neste campeonato, o que o candidata a rei das assistências).

 

O ponto culminante destes "comentários" foi vê-los resvalar rapidamente do jogo em questão para o campo das especulações zanguindísticas sobre o futuro do treinador do Sporting. Dizendo que o presidente Bruno de Carvalho já devia ter reunido com Marco Silva (e como sabem Ribeiro & Rita que não reuniu?). Dizendo que já deviam estar ambos a trabalhar na próxima época (e como sabem que não estão mesmo?). Dizendo até que o treinador só não "fugirá" do Sporting se não puder (sem perceberem sequer que, com este "argumento", anulavam qualquer dos anteriores).

Para estes marretas, o Sporting devia anunciar de megafone quando, como e com quem prepara a próxima época. Tal como procedem o Porto e o Benfica, claro está. Toda a gente sabe que é na praça pública - de preferência no Rossio, à hora de ponta - que estas coisas acontecem.

 

De Rita, lampião até ao tutano, já nada espanta: é rara a intervenção dele que não traia uma expressão de desprezo pelo Sporting.

De Cristóvão, que todos dizem sportinguista, seria de esperar uma atitude diferente. Mas depois de ter "vaticinado" que o nosso clube iria  "envergonhar" o futebol português na eliminatória em que superámos o poderoso Manchester City e de se ter celebrizado pela frase "Bruno de Carvalho não esteve no banco, por isso Marco Silva festejou", dele já tudo é de esperar.

No campeonato do disparate.

4 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D