Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

"Nem chegam ao Dia de Todos os Santos"

Uma nota prévia para agradecer o convite que Pedro Correia me endereçou para escrever neste blogue, que muito me honra, e para assinalar esta como sendo a minha primeira publicação no mesmo.

 

Depois de mais uma jornada em que ganhámos com facilidade, com uma exibição dominadora e convicente, no seguimento do que tem acontecido ultimamente, fui por curiosidade consultar a sucessão de resultados da equipa. 

Não me surpreendeu que fosse a 5ª vitória consecutiva para o campeonato após a derrota com o Porto em casa, na 20ª jornada, o que me surpreendeu foi ter reparado que desde início de Novembro, para o campeonato, contamos com 11 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

Se tivermos em conta que o empate foi no estádio do Benfica e uma das derrotas foi com o Porto, sobra apenas um resultado "anormal", a derrota com o Marítimo na Madeira na 15ª jornada.

Para comparação os resultados dos nossos rivais no campeonato, no mesmo período, início de Novembro até hoje, foram:

Benfica- 13 vitórias, 1 empate e 1 derrota. A derrota foi com o Braga e o empate com o Sporting.

Porto- 12 vitórias, 2 empates e 1 derrota. Os empates foram com o Braga e Casa Pia, a derrota foi o Gil Vicente.

Braga- 11 vitórias, 1 empates e 3 derrotas. O empate foi com o Porto, as derrota foram com Sporting, Vitória SC e Casa Pia.

Nota nº 1: Todos estes clubes têm um jogo a mais, vamos fazer o jogo em atraso da 25ª jornada no dia 5 de Abril.

Nota nº 2: Os clubes que mais tiraram pontos aos 3 da frente, exceptuando os confrontos directos, foram Sporting e Casa Pia.

 

Chegamos assim à conclusão que o fosso que nos separa dos 3 primeiros classificados foi cavado até à 11ª jornada, pois depois disso estaríamos a 3 pontos do Benfica, a 1 do Porto e 3 pontos à frente do Braga.

Até à 11ª jornada tivemos 6 vitórias, 1 empate e 4 derrotas, resultados que atribuo às saídas não colmatadas do plantel, especialmente a de Matheus Nunes, sobrecarga de jogos devido à Liga dos Campeões e um plantel curto e em sub-rendimento nessa altura.

Assim, ao contrário de várias épocas em que o Campeonato estava perdido por alturas do Natal, chegámos ao Dia de Todos os Santos, 1 de Novembro, já sem possibilidades de disputar o campeonato. 

Que sirva de lição para as próximas épocas os efeitos nefastos que uma temporada mal planeada tem numa equipa.

12 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D