Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Muito confuso

Diz José Ribeiro, colega de Inácio no Avaí, no site Leonino em 11/05/2020, que:

"...Nada como uma mãozinha familiar para dar empurrão a um tema que já lhes era querido desde a presidência de Soares Franco, quando este defendeu que os Sócios deviam limitar-se a pagar bilhetes e não ter qualquer palavra na gestão (a tal em que vendeu quase todo o património imobiliário – Alvaláxia, Edifício Sede, Clínica CUF e Holmes Place – por menos de 50 milhões de euros, única forma de terminar o mandato com saldo positivo em termos financeiros, em menos de dois milhões!)."

Diz Carlos Vieira, colega de Inácio no Sporting quando na véspera de serem corridos andaram a comprar o Sinisa, o Viviano e o Bruno Gaspar (tudo junto, mais de 5M€ de prejuízo), no Record de ontem, que:

"Quanto ao pilar patrimonial... o Sporting deveria aproveitar o facto de ter direito de preferência perpétua sobre todos os imóveis que constituíram o projecto Alvalade XXI e que tanto desequilibrou o clube no início deste século e adquirir os imóveis que fizeram parte do mesmo. Já ocorreram pelo menos duas transações destes imóveis (relembro: Edíficios Visconde, Holmes Place, Clínica CUF, e Alvaláxia) em que o Sporting foi chamado a exercer o referido valor por valores mais baixos do que a alienação e que permitiriam recuperar a razão para a sua construção inicial, ou seja, criar rendimentos para dar sustentabilidade às modalidades do clube e a outras actividades de responsabilidade social."

Expliquem-me lá devagar a ver se eu percebo. O Soares Franco, o tal presidente elitista e desligado dos sócios de que fala José Ribeiro, vendeu património que quase 20 anos depois podia ser recomprado por menos? Os 50M€ podiam ser comprados, digamos, por 20 ou 30M€?  E quem é que o podia ter recomprado e não comprou? Terá sido...  o Bruno de Carvalho? Ou seria a arma secreta para usar mais tarde, quando se coroasse imperador (ver crónica do Rui Calafate no Record)? 

E Carlos Vieira com o seu projecto Sporting 3.0 quer ser o novo João Rocha mais a sua Sociedade de Construções e Planeamento, ou será mais retomar a "dinastia Roquette", agora numa versão tecnocrata "pé-descalço" ?

Estou mesmo confuso... 

 

PS: As campanhas vão animadas, mas... quando é que são as eleições? 

SL

32 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D