Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Meios e tempo

img_920x518$2018_10_17_16_55_14_1461208.jpg

 

Fique o Sporting no lugar que ficar este ano no campeonato, fará tanto sentido imputar responsabilidade pela classificação do clube, no final da época, a Frederico Varandas como teria feito se houvesse dedos acusadores apontados na direcção de Bruno de Carvalho, que já presidia ao clube quando ficámos num inédito sétimo posto em 2012/2013. Na altura, ninguém o fez. E muito bem. 

O actual presidente chegou já com a época iniciada e o plantel fechado, encontrou o clube fracturado como nunca e herdou o atribulado processo das rescisões de jogadores, decorrente da página mais negra da história leonina. Os remendos feitos em Janeiro não iludem a questão de fundo: este é, de facto, um "ano zero" no nosso futebol, como o próprio Varandas reconheceu aliás em recente entrevista. Enquanto profissionais que abandonaram Alvalade, como Gelson Martins, Podence e Rafael Leão - todos formados em Alcochete - se destacam noutras ligas europeias. Esperemos que a justiça não tarde e seja dura nas punições.

A única responsabilidade directa que lhe é imputável relaciona-se com a escolha da actual equipa técnica. Que inclui, não esqueçamos, não apenas o treinador principal, Marcel Keizer, mas também Raul José (director do departamento de prospecção de jogadores) e Francisco Tavares (coordenador da nova Unidade de Desempenho), ambos já a trabalhar em Alvalade, e Miguel Quaresma, prestes a chegar como director técnico da nossa formação. 

Há que deixá-los trabalhar. A eles e a João Pedro Araújo (director clínico), Alireza Rabbani (cientista do desporto), Paulo Gomes (director-geral da Academia), José Guilherme Chieira  (prospecção) e Tomaz Morais (departamento de liderança e formação interna). Sem hipotecarmos o sentido crítico, naturalmente. Mas com a noção de que ninguém obtém resultados sem dois ingredientes indispensáveis em qualquer organização: meios e tempo.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 12.02.2019

    Faz alguma diferença, sim.
    Um herdou Jesualdo, o outro herdou Peseiro. Faz uma pequena diferença também.
    Mas há um ponto comum: nenhum deles preparou ou influenciou a formação do plantel.
  • Sem imagem de perfil

    BALAKOV-OCEANO 12.02.2019

    BdC teve a tarefa de tirar o clube lá do buraco em que estava financeira e desportivamente, isto não falando dos sportinguistas que estavam resignados e afastados do clube.
    Conseguiu trazer essa força que o Sporting sempre teve, ainda tem e terá.
    Foi um presidente mobilizador, mesmo com todos os defeitos que se lhe reconhecem.
    É preciso é que alguém a traga de volta essa força, porque não pensem os adversários que o Sporting está morto. O Sporting é enorme e tenho a agradecer a BdC por isso, pois eu sabia que existia tal força, mas nunca tinha presenciado durante um período longo de tempo, desde logo por eu ser ainda novo.
    Varandas tem pela frente, sobretudo o desafio humano. Começa desde logo pela formação do clube, depois passa pelos sócios e adeptos, pois tem que fazê-los acreditar e empolgar....estes responderão com toda a certeza.
    O futebol tem que ser paixão, emoção, motivação e sem medo de dizê-lo...de amor ao clube. É pelo coração que os Sportinguistas responderão.
    Nem peço união, porque nunca vi tal coisa no clube e nem penso que seja possível num clube tão suis generis como o Sporting.
  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 12.02.2019

    Vou destacar o seu comentário.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D