Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Matriz - parte III

parte I

parte II

Contei-lhe que estive na Loja Verde, que toquei nas camisolas desta época. Enquanto o faço, espreito-lhe o rosto com redobrada atenção na expectativa de vislumbrar sinal de preferência por qualquer das actuais camisolas. Mostrei-lhas dois ou três dias depois do lançamento. Aquelas que têm os Xis? As desta época, têm a data da fundação em numeração romana, sim, JC.

Suspiro, confesso, já que a ideia de empregar 80€ numa camisola que acabará rapidamente roubada do estendal do acampamento onde mora (já aconteceu), me aborrece. Aborrecem-me, preço e o mais que expectável (novo) roubo.

Tem, não se pense, uma camisola preferida: época 2017/2018. A alternativa. A preta e verde néon. Adora o verde néon. Engoli em seco, há aqui semanas, quando partilhou a inusitada preferência. Procurei, em vão, a bendita camisola, agora, que sei que faz 50+3 dia 19 de Julho – é exactamente assim que comunica a sua idade, 50+3.

Macron.com, macron.pt, Loja Verde online, telefonema para o Porto – sede portuguesa da Macron –, telefonema para o Sporting, a pedir resposta ao e-mail enviado para a Loja Verde.

Nada.

Tenho imensa pena JC, mas essa, já só encontro em tamanho muito pequeno para criança, em Itália (de onde a Macron é), e nem sequer expedem para Portugal. Então mas do Benfica há aí por todo o lado. Ah! É que os Sportinguistas esgotam logo as camisolas não são como as galinhas! Ahahah!

Acaba-se-lhe o riso e acrescenta: Eu ainda pensei comprar uma na feira, mas depois, não estava a ajudar o Clube.

Não chegou a receber a camisola que diz ter conquistado numa (arriscada) aposta. Ganhou-a e não foi varrer a rua envergando uma saia. 8, Bruno Fernandes, nas costas, mas só se ele não sair. E acredita que nem o próprio Bruno quer sair, acredita que ele é Sportinguista e que quer ser campeão pelo Sporting. Perguntei-lhe porque não o seu nome e um número que seja importante para ele. Dia, ano de nascimento, por exemplo.

O meu nome!? Sousa? Ou Johnny? Naaaã, just leave it Bruno Fernandes.

O JC, que me corrige – zangado – sempre que o trato por senhor, educadíssimo, que nunca me pediu moedas ou cigarros, todo ele pudores na hora de perguntar quanto me custaram as peças de vestuário Sporting que visto, vive as minhas (poucas) idas a Alvalade com uma alegria à qual é impossível ficar indiferente. E, sim, está atento e informado. Sabe as medalhas que os atletas leoninos conquistam; acompanha as movimentações das janelas de transferências, comenta-as e estava, ao contrário de mim, absolutamente confiante de que íamos (Portugal) ganhar a Taça das Nações.

Não sei em que momento ou por que razão o João Carlos passou a viver, pelo menos parcialmente, à margem da sociedade.

Olho para o JC, e concluo o que as sucessivas conversas tidas ao longo destes dois meses deixam claro. A massa de que somos feitos? Resiste à erosão violenta de vidas madrastas. E fá-lo, com brio.

Interrogo-me muitas vezes como, ou por que razão, chegámos ao ponto a que chegámos. Não esqueço a indiferença que passou a marcar cruzares entre Sportinguistas, outrora alegremente cúmplices, na estação de serviço de Almodôvar. Não esqueço comentários, atrás de comentários, atrás de comentários, carregadinhos de fel, nas caixas de comentários por essa blogosfera fora. Sim, fel. Veneno endógeno que todos, sem excepção, carregamos.

Como é que o nosso grande Amor, nos trouxe tanto desamor? Uns pelos outros e ao ponto de a convivência tornar-se insuportável. Para não dizer insustentável. Foi a Senhora – consócia com 35 anos de vida associativa – que se apartou, ao conhecer-nos a orientação de voto. A minha e a de outra Senhora, conhecida também ali na fila de acesso ao PJR, favorável à expulsão mas assumida tia de um Sportinguista de 26 anos contrário à expulsão. Entreolhamo-nos, desconcertadas.

Pergunto-me se alguma vez voltaremos a conviver pacificamente.

[continua]

2 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D