Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Mas como é que se treina no Sporting?

tulips-bed-colorful-color-69776[1].jpg

 

Pela enésima vez, Marcel Keizer chegou-se ao microfone, na conferência de imprensa, para debitar um daqueles chavões a que já nos habituou em inglês macarrónico e mastigado: «Jogámos mal.»

Com tantos jornalistas presentes nestas desoladoras sessões públicas, espanta-me como é que ainda nenhum fez ao técnico oriundo do país das tulipas a pergunta que há muito se impõe: «Afinal o que fazem vocês durante os treinos?»

Como ninguém a faz, deixo-a eu aqui.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 02.09.2019

    Hoje - praticamente com os mesmos jogadores - jogamos muito pior do que jogávamos no início do ano, quando ganhámos a Taça da Liga (vencendo o FC Porto na final, não o V. Setúbal, que tinha sido nosso adversário no ano anterior, com Jesus). Ou seja, em vez de evolução há regressão. Isto basta para fazer uma avaliação do técnico. Aquele desempenho dos jogadores que se esfarraparam em campo para vencer o primeiro troféu do ano desapareceu: temos hoje uma equipa tacticamente destroçada, tecnicamente abúlica e psicologicamente devastada (o caso Coates é tristemente revelador disto).
    O principal responsável - só pode mesmo ser ele - é o técnico holandês. Que nesta época já perdeu a Supertaça frente ao Benfica, com a maior goleada registada pela nossa equipa em décadas, e viu fugir cinco pontos em 12 possíveis nas primeiras quatro jornadas do campeonato.

    Pela mesma lógica que levou ao despedimento de José Peseiro - acrescida do facto de já haver quase um ano de avaliação do trabalho de Keizer e não apenas quatro meses, como sucedeu no caso de Peseiro - a administração da SAD leonina deve prescindir sem demora dos préstimos do técnico holandês. Ele deixou de fazer parte de qualquer solução para se tornar parte muito importante do problema.
    Adiar o inadiável, tal como o técnico adia as substituições enquanto vê a equipa naufragar em campo, levará fatalmente os dedos acusadores transferirem-se de Marcel Keizer para Frederico Varandas, ligando o destino de um ao destino do outro.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D