Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Jornalistas?

Com o devido respeito por quem dignifica a missão que é a sua profissão e até com alguma compreensão para com aqueles que são pressionados e mesmo não o querendo e não tendo outra opção, fazem um péssimo jornalismo e acabam por dar uma má imagem da classe, pergunto: O que acham os caros leitores disto que o Mister do Café vai publicando? ( http://misterdocafe.blogspot.pt/2018/02/negocios-benfica.html )

Se acham que isto dignifica a importante, necessária e fundamental em democracia, profissão de jornalista?

E se, não achando, gastariam o vosso tempo e o vosso dinheiro com jornais, televisões e rádios que fazem do seu modus operandi, no que ao desporto diz respeito que é o que para aqui nos interessa, uma descarada protecção, um aviltante benefício, um abjecto branqueamento de situações que configuram eventuais crimes de favorecimento, de dolo, de corrupção activa e passiva em favor de um clube e atacando de forma soez, baixa, rancorosa nalguns casos, o presidente de um clube directamente concorrente com o protegido.

E que dizer do órgão de classe que tão lesto se mostra a condenar (nalguns casos até com razão) pessoas e situações que agem contra a sua justa e necessária liberdade de actuação e movimentos e noutras situações é conivente com o cercear do direito inalienável de informar que é essência da profissão? Dá-se de barato que seja até corporativista, não se pode no entanto tolerar que se pronuncie ao sabor dos gostos clubísticos dos seus membros, porque desvirtua a sua mais nobre missão, que é a de ser e estar, sempre e a qualquer momento, engajado com a verdade.

É imperioso que não tomemos a nuvem por Juno, sabemos todos quem são aqueles que há muito venderam a alma ao diabo e cuspiram no código deontológico e de jornalistas se foram metamorfoseando em comentadores tendenciosos. Que fique claro que não lhes nego esse direito, mas exijo-lhes que sejam coerentes e que, num gesto que sei que lhes dirá muito pouco, façam o mínimo que é exigível nestes casos: Entreguem a carteira e libertem-se da responsabilidade que é ser jornalista. A gente agradece.

14 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D