Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Jogo de enganos

Enganadores: resultado final e narração do jogo de ontem.

O Sporting foi, além de dominador, perdulário. Falhou, contas por alto, cinco a seis golos.

Com cerca de 80% de posse de bola, a equipa leonina jogou a quase totalidade do tempo de jogo no reduto do adversário. Um oponente manhoso. Ou melhor escrito: mañoso.

Velázquez, que também é Julio mas que saibamos não canta e apenas grita sem parar "Defensa! Defensa!" para o rectângulo verde, esse Julio abdicou de atacar e de jogar à bola.

O ultraje desta postura desportiva e competitiva foi reforçado na entrevista rápida com o espanhol a mostrar-se decepcionado - e com aura de injustiçado - por ter sofrido um golo nos últimos instantes. E "de penal!", rematou. Como se o penálti sofrido pelos nossos não fosse o prémio mais que merecido e justo para a única equipa que quis ganhar. Que jogou à bola. 

Não tendo conseguido ir a Alvalade tive de gramar com o comentariado da Sport TV e as pérolas dirigidas à equipa vinda da pérola do Atlântico. "Que bem o Marítimo", "Onze solidário", "Não é por acaso que soma três empates", "Nível defensivo altíssimo". E com isto foram apoucando a única equipa que jogava à bola, já que o Marítimo só chutava na dita e nos nossos. 

O Julio mañoso Velázquez até pode montar uma eficaz estratégia anti-jogo, dar instruções aos seus jogadores para jogarem apenas e só no anit-jogo mas, a bem do futebol, quem isso comenta em directo na TV não pode elogiar uma equipa com essas características.

Menos ainda em detrimento do campeão nacional em título que mais uma vez contra dez caixotes de lixos inamovíveis atrás da linha da bola demonstrou porque é campeão e porque pode voltar a sê-lo. 

10 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D