Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

J.M.Ricciardi avança e vem baralhar as contas...

Se existe um denominador comum aos sportinguistas, pese embora todas as clivagens, é a vontade de manter o controlo da SAD. Quando se fala na mera possibilidade de um dia o clube perder a maioria do capital, dois nomes aparecem de imediato, Álvaro Sobrinho e José Maria Ricciardi. Ontem durante o anúncio da candidatura, Ricciardi garantiu que a sua presidência manteria o controlo da SAD no clube, mas não é possível ignorar que em tempos defendeu exactamente o contrário. Obviamente que é legítimo a qualquer pessoa mudar de opinião, Ricciardi não é uma excepção, mas terá que dar aos sócios do Sporting explicações credíveis, que restabeleçam a confiança, sob pena de obter uma votação residual.

Frederico Varandas terá que se acautelar com a entrada em cena de José Maria Ricciardi, porque o seu candidato para Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Rogério Alves, é advogado de José Maria Ricciardi e admitiu há menos de um mês, a possibilidade de presidente do clube e presidente da SAD, não serem a mesma pessoa. Bem sei que Frederico Varandas já afirmou que tenciona exercer o cargo de presidente da SAD, caso venha a ser eleito, mas nesta altura, com várias teorias conspirativas já a circular, precisa de o reiterar de forma clara e inequívoca. Rogério Alves para não se tornar num activo tóxico para Frederico Varandas, terá que alinhar pelo mesmo diapasão e distanciarem-se ambos da candidatura de José Maria Ricciardi. Qualquer tentativa de fusão envolvendo as candidaturas, não acrescenta votos, diminui as possibilidades do médico que partiu com enorme vantagem, cortar a meta em primeiro lugar.

João Benedito, que considero o principal outsider, pode bem aproveitar, se souber agora conduzir a campanha. Os sportinguistas não querem o regresso a um passado recente de triste memória, foram inequivocamente expressivas no passado sábado, as ovações aos atletas que rescindiram e agora regressaram. Todos sabemos por culpa de quem foram as rescisões, não vale a pena andarmos sempre a carregar na mesma tecla, a bancada de Alvalade mostrou que a maioria de 23 de Junho, se mantém. Mas também em simultâneo, deu para perceber que grande parte dos adeptos, ainda que aprove e agradeça o trabalho de Sousa Cintra, não morre de amores pela actual situação do clube. Pelo contrário, querem é realizar as eleições e enterrar de vez este capítulo da nossa história. E dos candidatos que até agora se apresentaram, apenas Frederico Varandas e João Benedito podem virar a página, se forem claros no discurso, sem meias palavras, sem hesitações, sem dependências de apoios das figuras do passado, o que não invalida serem apoiados como é óbvio, qualquer sócio é livre de apoiar a candidatura que entender, diferente será o candidato aceitar negociar apoios.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D