Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Incentivo, carvão e e-mails

Como refere o Pedro Correia em post ali um pouco abaixo, entendeu o presidente enviar umas SMS de incentivo aos jogadores da equipa de futebol profissional, que acabaram por ser plantadas no jornal Record. Quero afirmar convictamente que, à parte a fixação na primeira pessoa, escusada e evitável, me revejo em  praticamente todo o teor das mensagens (que para SMS me parecem demasiado extensas, mas cada um tem o seu estilo).

Lamento pela sua divulgação, desconhecendo em absoluto quem pôs a boca no trombone.
Não me parece que a solução para o problema, se é que existe problema de verdade, seja a separação de presidente e jogadores e parece-me natural que o presidente tente galvanizar os atletas (e se mandar um berro de vez em quando, não virá daí qualquer mal ao Mundo, são todos adultos e sabem o que se lhes exige).
Eu sei que para alguns um pedidos de desculpas (público então seria orgásmico para alguns), ainda que hipócrita, bastaria (o que não haveria para aí de comentários a maldizer BdC pela "humilhação"...). Não me parece ser esse o caminho e estas coisas resolvem-se dentro de portas, no recato do balneário (sim, o facebook de Madrid; já me manifestei contra, não vale a pena "chover no molhado").
E sim, os jogadores têm responsabilidades profissionais a cumprir, entre elas a mais importante é o comprometimento com um projecto e a entrega sempre em prol do clube que lhes paga. Negar isto, é negar a essência do Clube, é ficar satisfeito com o 7.º lugar.

É óbvia a intenção de desviar o foco dos e-mails, agora de Domingos Soares de Oliveira (ontem saiu mais um pacote) e de Meirim e nada melhor que continuar a atiçar os sportinguistas uns contra os outros, o que para minha tristeza é demasiado fácil. Nós somos daqueles que não precisam que nos empurrem, autofagia é coisa que não nos falta a rodos.

Por último, não há notícia de outros atletas, de outras modalidades, ficarem incomodados com as SMS do presidente. Bom, também nada me garante que os do futebol profissional estejam. O que eu sei é que querem que nós acreditemos que estão e alguns de nós mergulhamos de cabeça, sem parar dois segundos para pensar.

Eu aconselho calma e alguma argúcia. A todos. Faltam quatro finais, no final far-se-á o balanço. Até lá, que todos não se esqueçam que não fazem qualquer favor ao Sporting com a sua presença.

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Edmundo Gonçalves 26.04.2018

    PPS, está no seu direito de achar inacreditável o que quer que seja, foram ontem comemorados 44 anos da Revolução que nos deu essa prerrogativa.
    Dispenso os epítetos. Chefio trabalhadores (colaboradores é fino, mas é um termo que me incomoda) desde os 23 anos, há 35 portanto, com resultados considerados excelentes nalguns casos, pelo reconhecimento público demonstrado "de cima" e olhe que sem nunca ter usado chicote, fazendo da assertividade a ferramenta predilecta, alturas houve em que um berro varreu imensas areias que estavam a emperrar a engrenagem. Isto é como os miúdos, sabe? Uma palmada na hora certa faz milagres.
    Ah! Também almoço e janto e jogava futebol (agora trato da logística, apenas) com os mesmos que ouviam um berro de quando em vez e nunca fui "ceifado" por trás.
    E convenhamos, se leu as mensagens, considerar aquilo bullying é apenas e só má-fé, lamento mas é o que penso, admitindo estar errado e se assim não é, desde já me penitencio.

    Cumprimentos, SL
  • Sem imagem de perfil

    PPS 26.04.2018

    Estimado Edmundo Gonçalves,

    Eu não me recordo de ter pessoalizado, mas devo de facto ter acertado num ponto sensível. Não me lembro de o conhecer, nada posso afirmar sobre o seu trabalho, portanto não tenho senão como aceitar como certo o que diz. Quanto a dirigir aos berros, podia explicar-lhe a minha experiência na direcção de equipas, mas o ponto não é esse, uma vez que o post não é sobre mim.

    A questão não é o modo como o senhor chefia, é o modo incompetente como o senhor Presidente Bruno de Carvalho exerce o poder disciplinar. A questão é que os sms estão na mesma linha que os posts do Facebook, a questão é que o senhor Presidente imagina que é impondo um clima de terror psicológico nos seus subordinados, à patrão do século XIX, vai ter resultados. E não ver isso não é apenas má fé, é cegueira mesmo!

    Cumprimentos,

    SL
  • Imagem de perfil

    Edmundo Gonçalves 26.04.2018

    Perdoe-me, mas inferi que "Acho inacreditável a defesa implícita das virtudes do Bullying", se me dirigia. Comungamos da mesma virtude, quiçá, que é a de não termos memória de nos conhecermos e daí não virá certamente qualquer mal ao Mundo. Interprete, no que me diz respeito, "berro" como uma atitude mais incisiva, por favor, que como já disse por aí, tenho a garganta muito sensível.

    Quanto ao senhor presidente e a acção disciplinar, que me lembre houve um jogador, que por sinal até está agora a ser preponderante na equipa, que esteve sob alçada disciplinar nesta época e segundo creio, por indicação do treinador (que terá tido as suas razões, não vem ao caso agora). Não me lembro de qualquer acção disciplinar para além desta, mas se conhecer, agradeço que nos indique qual, sinceramente.

    Que o homem tem defeitos? Imensos!
    Ah, mas era bom era quando ficámos em sétimo e não tínhamos dinheiro para pagar a água do banho, isso é que era!

    Cumprimentos, SL
  • Sem imagem de perfil

    PPS 26.04.2018

    Caro Edmundo,

    Ah já me tinha esquecido disso, cada vez que o Presidente faz alguma coisa mal a culpa é não dele, mas da pesada herança. E ele não pode nem deve ser avaliado à luz dos critérios com que os seus sucessores o foram, na justa medida em que temos que ser "gratos". O brunismo no seu esplendor. Adiante.

    Quer dizer os processos, para os quais já havia nota de culpa e chegou a haver suspensão preventiva de funções, foram anulados alegadamente porque a direcção do clube, pressionada pela Holdimo, encostou o Presidente à parede e o obrigou a retirar os processos, bem como a sua página do Facebook. Por ele pareceu-me que ficou claro que teríamos mesmo alinhado com a equipa B contra o Paços, e quem sabe quem jogaria ou sequer se jogaríamos contra o Atleti. E no final deste processo você diz que foi tudo normal?! Um pouco de memória, sff.

    A prova provada que o Presidente usou mal o seu poder disciplinar está no facto de agora ter ficado com esse poder esvaziado. Exemplo? Este caso dos sms dos jogadores. Uma gravíssima fuga de informação e deslealdade de alguém para com a empresa da parte do trabalhador. Num mundo normal amanhã o Presidente do Sporting e o clube teriam naturalmente que reagir forte e feio contra isto, simplesmente não o pode fazer porque auto esvaziou o seu poder ao agir como agiu no Facebook. Lembro-me por exemplo de algo semelhante ter acontecido em tempos no Real Madrid, se não estou equivocado no tempo de Mourinho, e do mau estar que isso causou na direcção do clube. Simplesmente Florentino soube resolver o problema eficaz e discretamente, como faz quase tudo à frente do clube. No final do ano Ozil e Higuain, nunca ficou clara a razão do porquê das suas saídas. Se Bruno de Carvalho aprendesse a ladrar menos e a morder mais teria competência para ser o líder que o clube necessita, mas em vez disso desgasta-se com estes filmes, percebe?

    Mas bom não nos vamos entender quanto a isto. E isto para mim é fundamental num Presidente, e não acessório. Isto ofusca as várias coisas boas que faz, se ele aprendesse a trabalhar calado acredite que os sportinguistas agradeciam. E não, não creio que fosse uma questão de pedir( ou exigir) títulos, porque as pessoas, ao contrário do que ele pensa, reconhecem o seu bom trabalho a vários níveis. Pudesse ele ser mudo e era perfeito.

    Cumprimentos,

    SL
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D