Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Hoje giro eu - Ovos moles

Uma tristeza sem fim o clima que se vive em Alvalade. O presidente da Direcção veio uma vez mais publicamente vitimizar-se como se não fosse uma obrigação estatutária (aliás, no passado várias vezes repetida pelo próprio), reunidos os requeridos votos dos associados, a marcação de uma Assembleia Geral para destituição dos Orgãos Sociais. Por sua vez, o presidente da AG, à saída, deu à marcação da reunião magna dos sportinguistas a solenidade de uma rixa de bar, proferindo parcas declarações e no meio da rua, envolto por uma turba que gritava "Bruno!". Uma diferença gritante face à postura do Prof. Daniel Sampaio e restantes membros da mesa quando, perante a decisão da Direcção de Godinho Lopes de impugnar a marcação de uma AG de destituição, prestou esclarecimentos e enfrentou com grande dignidade e elevação a ira dos adeptos reunidos no auditório do Estádio de Alvalade, sujeitando-se inclusivé ao arremesso de ovos. Nem de propósito, a forma como este assunto está a ser tratado pela generalidade dos actuais Orgãos Sociais, demissionários e em funções - onde abunda a falta de decoro institucional ou a demagogia -, demonstra que com estes ovos dificilmente se faria uma boa omelete.   

 

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Verde no Branco 25.05.2018

    E com trapalhadas desta MAG, com a posição que tem e ainda todo o ódio criado com trincheiras bem definidas, adivinha-se uma AG complicada para não dizer outra coisa.
    Espero que caía um raio de luz na cabeça dos presentes e ganhem juízo, falando dos temas, votando em consciência e aceitando o rsultado que sair daí.

    Daí que o meu apelo ao BdC é que esqueça a providência cautelar e resolva-se isto de uma vez por todas.

    É que já não se aguenta...
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.05.2018

    Não se aguenta não...
  • Sem imagem de perfil

    Verde no Branco 25.05.2018

    Mas não se iluda.
    O próximo que vier terá o seu tempo de paz, depois quando voltarmos às mesmas derrotas no campo lá teremos outros tristes espetáculos.
    Está no nosso ADN.

    Um clube que não se governa nem se deixa governar...
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.05.2018

    Eu acho que se faz um "bicho de sete cabeças" sobre as criticas e os críticos. Quem está no poder - esta e Direcções passadas - tende a dramatizar as coisas. Um líder não tem de se preocupar em demasia com as criticas, no sentido que possam por em perigo o seu poder. Tem de olhar para elas com frieza e retirar delas o essencial, aproveitar para melhorar e seguir o seu rumo . É claro que entre as criticas há sempre muito oportunismo. Hoje e sempre, mas o que critico em Bruno é aquela coisa um bocadinho semi-patológica de olhar para os criticos e pensar "deixamos a coisa andar e quando vamos ver já fomos...". Isto é um desenfoque no que é essencial, que é a governação da sociedade e o respeito democrático pelo contraditório. Às vezes, a um líder, até é interessante poder desmonstar, com elevação , criticas, afirmando ainda mais a sua obre. O que acho que está em causa aqui não é o poder de Bruno de Carvalho, mas sim a sua autoridade. Quando uma pessoa leva as coisas a um extremo que provoca que os colaboradores se deixem de rever nele não perde o poder, mas perde algo muito mais importante, a autoridade, a forma como os nossos comandados nos vêem. Como poderá no futuro gerir as situações com os jogadores? Fica refém deles? Faz um "face-lifting"? Vai pedir ao Real para ficar com o trintão Coentrão? A questão da autoridade é o que verdadeiramente me preocupa para o futuro.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D