Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Hoje giro eu - Fim de ciclo

Não gosto de invocar Deus em vão, mas Ele sabe o quanto fui aqui perorando, desde Abril, no sentido de que o bom senso imperasse. Reconheci, ab initio, que o presidente tinha tido uma precipitação grave, mas temi que se abrisse um precedente complicado para qualquer futuro presidente caso os jogadores saíssem a ganhar. Por isso, pedi a todos os envolvidos (treinador incluido) que pusessem o Sporting em primeiro lugar. Escrevi sobre isso aqui , aquiaqui ou aqui e (se lerem) verificarão que já na altura temia que chegássemos a este limbo. 

Parecia que se tinha alcançado a bonança, mas afinal era uma paz podre. Já não interessa quem tem razão. Bruno de Carvalho teve todas as oportunidades. Houve, inclusivé, quem arriscasse a sua reputação para na hora H sair publicamente em sua defesa, como foi o caso do Dr. Eduardo Barroso. Quando um presidente perde o respeito de funcionários do clube - não uns funcionários quaiquer, que me desculpem todos os outros, mas aqueles cujos direitos económicos constituem o maior activo da sociedade desportiva do Sporting  - e quando as claques se transformam em milícias e invadem a Academia para agredir jogadores e técnicos, só se impõe uma possibilidade, o pedido de demissão imediato do presidente Bruno de Carvalho. Não foi por falta de aviso de diferentes quadrantes mas, agora que os acontecimentos tomaram estas proporções, Bruno de Carvalho não tem alternativa possível, devendo assumir a responsabilidade política sobre os factos. Que preste um último serviço ao clube e crie condições para que alguém possa recolher os cacos e voltar a uni-los. Não será fácil, o tempo urge e escuso de lembrar a "oportunidade" que isto cria, a qual, a concretizar-se, muito lesará a nossa SAD...

9 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 16.05.2018

    Os dias sucedem-se em catarse. É a semana das facas longas. Olhe, acordei com a notícia do Correio da Manhã (na qual me recuso a acreditar) e ao fim da tarde vejo um rodapé a dizer "Bruno de Carvalho a caminho de Alcochete" e interroguei-me: os jornalistas não têm mais nada para falar?. O pior veio a seguir, quando em rodapé vinha o desenvolvimento da notícia, das agressões. Tinha prometido só voltar para a Taça mas quis intervir e dizer o que me parecia óbvio.

    Não quero, nem vou fazer mais nenhum Post sobre este tema. Os ânimos estão muito exaltados e isso não faz fluir as ideias. Bruno Carvalho teve mais do que hipóteses de corrigir o tiro. Teve apoios. Enfim... Depois disto tudo ficará uma herança pouco apetecível para quem pegue no leme. Um clube onde se abriu um precedente de os jogadores "encostarem" o presidente "à parede". Isso não é bom, pois não? Como será, com futuros dirigentes, quando for de renegociar contratos ou houver propostas de fora? Era necessário o tal equilíbrio de que falei em Abril. Mas, Bruno Carvalho perdeu o pé, não foi a autoridade que um presidente deve ser perante os seus funcionários e insistiu em ser autoritário. As coisas extremaram-se. E agora? Agora é o Joaquim Evangelista a falar na televisão e consequências imprevisíveis. O tempo escasseia e é preciso repor a autoridade, o comando, a hierarquia. Como vamos fazer isto com Bruno de Carvalho a dar uma entrevista onde mostra estar a viver numa realidade paralela?
  • Imagem de perfil

    CAL 16.05.2018

    Não consigo organizar ideias.

    Acabei de ver as imagens do balneário na academia.

    Vi uma fotografia de BdC a chegar de carro à Academia.

    Vi Bas Dost a sair da GNR agora ao cair da noite.

    Estou a tentar perceber...
    Com franqueza, o que senti... Não tem descrição possível.

    Olho para a imagem de BdC e sinto coisas muitíssimo más. Indiscritivelmente más.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 16.05.2018

    CAL,

    já eu, só quero é poder voltar a hibernar até Domingo. Andamos desde Abril num impasse e ninguém consegue lidar com a incerteza. A incerteza envenena, apodrece aos poucos, sem se ver. É um arsénico. Temos de mudar de paradigma. E não foi por falta de aviso e a CAL (ou alguém) certamente não pensa que me agrada dizer "finito" a uma pessoa em quem votei, com quem me empenhei na esperança de que o Sporting tivesse outra alma. Isto tudo é uma tristeza, mas realmente estou convencido de que Bruno tem uma faceta que destrói tudo de bom que faz, nem precisa de inimigos. Na verdade, se formos a ver os últimos 40 anos, o Sporting também é assim. Esperemos, pelo menos, que os dias até à final sejam de reflexão para todos e que não haja mais episódios. Não quero acordar e ver uma rescisão, não quero acordar e ver mais uma diatribe. O presidente perdeu hoje uma oportunidade de sair com alguma dignidade. Correu-lhe mal estes últimos tempos. Acontece. Assume-se as responsabilidades. Outras coisas fez bem e essas só os fanáticos lhe retirarão. Agora, assim não. As coisas só se vão radicalizar, bem como a imagem, que desejavelmente gostaria que fosse equilibrada entre façanhas e erros, que ficará dele.

    Tristeza. No fim do dia, como ontem dizia a CAL, seremos sempre Sporting.
  • Imagem de perfil

    CAL 16.05.2018

    Só gostava de dizer-lhe que não estou esquecida deste seu comentário.

    Mexe é (demasiado) com muita coisa.

    Saudações leoninas.
  • Imagem de perfil

    CAL 16.05.2018

    Olá boa tarde meu caro Pedro Azevedo,

    mesmo que não tivesse recebido em casa, já não teria idade nem justificação para - mais uma vez - não o cumprimentar à cabeça de todo e qualquer comentário.

    Enfim...
    As minhas desculpas.

    SL
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 16.05.2018

    Não se apoquente. A sua educação está acima de qualquer suspeita.
  • Imagem de perfil

    CAL 16.05.2018

    Muito lhe agradeço a compreensão.

    Porventura leu as legadas mensagens que levaram à detenção de André Geraldes & Companhia?
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 16.05.2018

    CAL,

    iniciei mas não consegui acabar. Porventura não me ficará bem reconhecer, mas vieram-me as lágrimas aos olhos. Produto, eventualmente, destes dias de terror.

    Fique bem, CAL.

    P.S. Se ficarmos presos no presente não conseguiremos perspectivar o lindo futuro que temos à nossa frente. Com dedicação, inspiração e trabalho vamos atingir o nosso nirvana. Eu acredito.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D