Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Fim da linha

17 de Janeiro: o Chaves acaba de dar um pontapé no Sporting - o segundo em três dias, atirando-nos para fora da Taça de Portugal com um golo solitário aos 87', confirmando-se a tendência registada em várias outras partidas de perdermos ao cair do pano. Desta vez com uma bola oferecida pelo inenarrável Bryan Ruiz. Mas podia ter sido no minuto anterior, com outra bola oferecida por Coates na marcação de um simples pontapé de baliza.

Dissemos adeus à última competição em que alimentávamos ainda hipóteses reais de conseguir um troféu. Depois de termos sido eliminados da Liga dos Campeões, de termos falhado a qualificação para a Liga Europa, de termos sido afastados da Taça CTT e de termos perdido mais pontos na primeira metade do campeonato do que perdemos em toda a Liga anterior - de tal maneira que estamos agora a oito do Benfica, quatro do FC Porto e dois do Braga. Com menos dez do que tínhamos há um ano.

Hoje o Sporting voltou a praticar um jogo medíocre, lateralizado, sem velocidade, sem intensidade. Com cinco novos titulares em relação ao desafio anterior, demonstrando que Jorge Jesus é incapaz de fixar uma equipa-base. Um jogo em que não fizemos um só remate nos primeiros 27 minutos, um jogo em que não criámos uma verdadeira situação de perigo, um jogo em que o nosso melhor elemento foi de longe o guarda-redes Beto, com três grandes defesas (9'+12+86').

Fim da linha, portanto. A partir de agora tentaremos apenas não fazer tão mal como fizemos na nossa pior época de sempre, a de 2012/13.

Por mim, entro em contagem decrescente. A pensar na pré-época de 2017/18. O problema é que ainda faltam seis meses: parece-me quase uma eternidade.

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 17.01.2017

    Meu caro, nesse seu raciocínio você esquece um "pormaior": segundo a legislação portuguesa, e muito bem, as pessoas não podem ser despedidas por livre arbítrio dos patrões, com violação das obrigações contratuais assumidas pela entidade empregadora.
    Despedir o Jesus um ano e meio antes do fim do contrato implicaria pagar-lhe quase 20 milhões de euros. O equivalente a outro 'caso Doyen'.
    Está de acordo com isto? Julgo que não.
  • Sem imagem de perfil

    MB 17.01.2017

    Eu sei disso, apenas queria transmitir a ideia de que vai ser quase impossível restabelecer uma relação devidamente saudável entre quem for preciso.

    A alternativa é claro, aguentar com Jorge Jesus que, como já disse, parece um destino para o fracasso. Não dúvido das capacidades técnicas nem da equipa nem do treinador mas preocupo-me sim com a relação entre ambos.

  • Imagem de perfil

    Pedro Correia 17.01.2017

    Também estou convicto de que há já questões insanáveis.
    Não pode é haver gestão do clube com cabeça quente e à mercê de estados de alma.
    Não queremos novos 'casos Doyen'.
  • Sem imagem de perfil

    MB 18.01.2017

    Pois mas se o problema for aquele de que se fala, vai ser muito mau para o futebol do Sporting, por causa do estado de espírito dos jogadores e inclusive, mais tarde ou mais cedo, vão pensar em mudar de ares. Se as coisas estão como estão, não consigo imaginar o que vai na cabeça dos jogadores que pensam que ainda têm que aguentar época e meia mais pré-temporada com JJ. A última coisa que também não queremos é um caso "Chelsea-Mourinho".

    Pode ser que Jesus nos dê um milagre...

    As suas publicações são agora mais requisitadas que nunca. No mínimo, distraiem o leitor da "desgraça".
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D