Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

És a nossa Fé!

Faz hoje um ano

 

Em jogo de preparação para a temporada 2018/2019, o Sporting derrotou por 4-1 o Stade Lausanne, turma da terceira divisão suíça. Com golos de Castaignos(!), Francisco Geraldes, Mattheus Oliveira e Jovane.

Isto após se ter gorado o anunciado desafio contra uma das mais fortes equipas da Holanda, o PSV, ou contra os turcos do Fenerbahçe, que também chegou a ser hipótese. Denotando grande amadorismo na preparação deste estágio da nossa equipa profissional de futebol.

 

Comentou o Pedro Azevedo:

«O jogo valeu pela primeira parte, altura em que brilharam os jovens da nossa formação (!), que tão poucos minutos ainda tinham tido (à excepção de Matheus Pereira). Era para ser apenas só mais um dia no escritório, masFrancisco Geraldes destacou-se com um golo extraordinário em que evidenciou a sua vasta gama de recursos técnicos: Xico tirou um adversário do caminho com uma recepção orientada de pé direito, fintou outros dois com o mesmo pé e, seguidamente, enviou uma bomba de pé canhoto junto ao ângulo superior esquerdo da baliza do Lausanne.»

Comentei eu:

«Na segunda parte, apenas Wendel e Jefferson merecem nota acima da média - sobretudo o jovem formado no Fluminense, que criou diversos desequilíbrios em busca de um lugar ao sol.»

 

Numa reflexão aqui publicada a 16 de Julho de 2018, o Rui Cerdeira Branco dirigiu várias questões ao candidato presidencial Frederico Varandas.

Eis três dessas questões:

«-Está confortável com continuar a ter a SAD a comparticipar de forma crucial os custos operacionais das modalidades?

-É seguindo esse modelo que irá promover o regresso do basquetebol ao clube?

-Acha que essa dependência das modalidades face aos resultados do futebol pode ser evitada e ainda assim manter as modalidades competitivas?»

 

Destaque ainda para um texto da Helena Ferro de Gouveia:

«Aceitei integrar a equipa de Frederico Varandas e pensar a inclusão da mulher no desporto. Dia 17 de Julho, pelas 18.30, na sede de campanha, apresento o #we too, porque nós sportinguistas queremos ver mais treinadoras, mais atletas do sexo feminino, mais modalidades abertas a mulheres, queremos um sério combate ao assédio sexual no desporto. Destaco ainda, entre outras medidas, a prevenção da violência em colaboração com escolas, associações de mulheres e associações de vítimas, e a abertura cursos de defesa pessoal para todas as mulheres independentemente de serem sócias ou adeptas.»

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D