Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Faz hoje um ano

 

Rescaldo da histórica assembleia geral que destituiu pela primeira vez um presidente do Sporting em 112 anos de história do nosso clube.

Os apaniguados de Bruno de Carvalho mostravam-se inconformados com o categórico resultado: mais de 71% dos sócios votaram pelo afastamento do presidente, tendo o "sim" à destituição vencido em todas as mesas de voto. 

Entre esses apaniguados, não faltava quem prognosticasse que este resultado determinava "o fim do Sporting" e anunciasse o fim da sua ligação ao clube.

Comentei o tema num texto intitulado «Cheira-me a churrasquinho». Desta forma: «Será dos cartões de sócio e das gamebox que estão a arder desde o início desta tarde, por iniciativa de alguns que costumavam cantar "o mundo sabe que / pelo teu amor eu sou doente"?»

 

Isto a 25 de Junho de 2018. Precisamente o dia em que Bruno de Carvalho deixou oficialmente de presidir à SAD leonina.

Uma publicação no portal do Ministério da Justiça, da Conservatória do Registo Comercial de Lisboa, sobre “Cessação de funções de membros dos órgãos”, esclarecia: «Bruno de Carvalho deixou de ser presidente da SAD do Sporting, sendo designado também, por cooptação, Sousa Cintra como novo líder da sociedade.»

Mas nada disto ocorreu sem um último - e patético - episódio. De manhã, ao pretender entrar na sede da SAD, Sousa Cintra - que já presidira aos destinos do Sporting entre 1989 e 1995 - foi barrado pelos elementos da segurança do edifício, cumprindo ordens de Bruno de Carvalho, que no Facebook apelidara Cintra de «homem do tremoço» e «um dos abutres arrogantes». Contribuindo assim o presidente cessante para dar mais uma triste imagem do Sporting ao conjunto da opinião pública portuguesa. 

E parecendo já esquecido destas lamentáveis palavras que escrevera no Facebook 24 horas antes, autodemitindo-se não apenas de sócio mas também de adepto:

«Hoje deixei de ser para sempre sócio e adepto deste clube. A tristeza é tremenda mas a desilusão matou tudo. A minha carta de suspensão vitalícia de sócio segue segunda-feira [hoje] e nunca mais seguirei sequer os eventos desportivos do clube.»

 

Comentário do Francisco Melo:

«O disparar contra tudo e contra todos (para mim, o ponto mais baixo, até ao momento, foi quando decidiu criticar a ex-mulher na entrevista ao Expresso), o dizer hoje uma coisa e horas depois o seu contrário, a absoluta falta de noção de planos (i.e. considerar a sua destituição um ataque terrorista como o de Alcochete!), enfim, um rol de palavras e actos cada vez mais a bater no fundo.»

Comentário do Francisco Almeida Leite:

«Acredito que é um pouco indiferente que Bruno de Carvalho seja expulso ou que ainda consiga candidatar-se depois do que disse e do que fez ao clube (apesar de achar que isso será inaudito, dado que violou os estatutos abundantemente). Só nos ia poupar a todos este triste espectáculo.»

Comentário do António F:

«Não creio que remexendo permanentemente na imundície apareça ouro algum. Por isso, meus caros, sobre o presidente-demitido vou procurar, doravante, não tecer nenhuma palavra, nem tão pouco sobre a sua constante e recente "diarreia verbal" de argumentos insultuosos que os medíocres benfiquistas usam, pois sobre essa, no sábado, os sócios "puxaram o autoclismo"!»

Comentário do Ricardo Roque:

«O que se começa hoje a poupar com o ordenado de Bruno de Carvalho, o cartão de crédito, o carro e sei lá que mais, e dado que os novos membros da administração exercerão pro bono, pode ser para as modalidades (tão ao gosto dos brunados e brunetes).»

 

O Pedro Bello Moraes resumiu tudo numa frase curta mas expressiva: «Bruno de Carvalho já era.»

 

21411332_8947d.jpeg

2 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D