Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Faz hoje um ano

 

Jogo grande do Sporting na Liga dos Campeões, em Camp Nou, frente ao Barcelona. Fomos derrotados por 0-2, transitando para a Liga Europa. Mas com uma exibição que não envergonhou os adeptos leoninos. Da nossa equipa destacaram-se Coates e Rui Patrício, como assinalei aqui nesse dia 5 de Dezembro de 2017:

«O internacional uruguaio - o melhor jogador leonino no Camp Nou - esteve próximo da perfeição, defendendo tudo quanto havia para defender no espaço que lhe estava confiado no eixo da defesa e ainda teve oportunidade de impulsionar os seus colegas com precisão de passe dianteiro e boas arrancadas individuais, revelando inegável domínio técnico da bola. O nosso guarda-redes, sem culpa nos golos, fez duas excelentes defesas: a primeira (24') saindo com êxito para travar Luis Suárez, a segunda (82') impedindo Messi de marcar.»

Ao intervalo, registava-se um empate a zero. O segundo deles foi marcado por infelicidade de um defesa nosso, Mathieu, mesmo ao cair do pano. E talvez a história do jogo tivesse sido diferente com menos inovações de Jorge Jesus no habitual onze titular: Acuña rendeu Coentrão na lateral esquerda fazendo o corredor inteiro, Ristovski entrou para o lugar de Gelson como médio-ala no flanco direito e «o inútil Alan Ruiz» (como lhe chamei aqui) ultrapassou Bas Dost na equipa inicial. Mexidas que não funcionaram, como era de presumir.

 

Também no rescaldo imediato deste jogo em Barcelona, o JPT fez um balanço mais detalhado da nossa participação na Champions, sublinhando isto: «Para melhorar é preciso continuar nesta senda. Para melhorar na Europa é preciso fazer pontos no ranking da Europa, para evitar grupos tão ingratos como este. Mas para melhorar em absoluto é preciso manter esta equipa - dirigentes, treinador(es) - e um plantel condigno. As condições para isso são óbvias: é preciso um campeonato (pelo menos). Pois só isso acalmará as quezílias internas e a óbvia tendencial autofagia das nossas lideranças. Ganhar o campeonato é o degrau para continuar este crescimento, que tão bons frutos está a ter.»

2 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D