Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Faz hoje um ano

 

Um texto de Nicolau Santos, publicado na véspera na edição digital do Expresso, dava imenso que falar. Um texto intitulado "Sporting. Assim não vamos lá. Esqueçam, vamos ter mais um ano perdido".

A prosa - de que reproduzi vários excertos aqui - viria a revelar-se certeira, para mal do nosso sportinguismo militante. Analisando os reforços leoninos, o autor concluía que «acima da média, só mesmo Bruno Fernandes, que tem excelentes pés e magnífica capacidade de passe». Mas «sem Adrien e William, este meio-campo é pior do que o que existia com eles.» 

William ficou, mas mais valia ter ido. Na roleta das entradas e saídas, chegava a Alvalade o décimo reforço daquele defeso: o guarda-redes Salin, ex-Marítimo, Rio Ave e Naval. Beto zarpava para longe, cansado de ser tapado por Rui Patrício.

 

......................................................................

 

Nesse dia 28 de Julho de 2017, o José da Xã lembrava que Bruno de Carvalho, no discurso da vitória eleitoral proferido quatro meses antes, garantira aos adeptos que o Sporting seria campeão na nova época. E deixava esta sábia recomendação ao líder leonino: «Seria fantástico que o Presidente se resguardasse mais e não desse para todos os peditórios que lhe aparecem pela frente. Eu sei que por vezes torna-se difícil, mas há que ter uma postura mais sóbria.»

 

......................................................................

 

Entretanto, como o futebol também vive (e muito) de memórias, o Pedro Azevedo recordava aqui Samuel Fraguito, grande jogador que alinhou durante nove temporadas de Leão ao peito e hoje, infelizmente, está quase esquecido: os adeptos mais jovens nunca ouviram sequer falar dele. Defeito leonino: o clube omite vezes de mais aqueles que foram os seus heróis.

«Gostaria de deixar aqui uma palavra de apreço para homens como Vítor Cândido ou Francisco Figueiredo que, em A Bola TV, têm vindo a resgatar a memória de grandes vultos, alguns esquecidos, do futebol português, como é, sem sombra de dúvida, o caso de Fraguito», escreveu o nosso colega.

7 comentários

Comentar post

{ Blog fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D