Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Exclusivo ÉS A NOSSA FÉ

odilon-maos[1].jpg

 

A imagem, que publicamos em rigoroso exclusivo, documenta o preciso instante em que o presidente do Conselho de Indisciplina da FPF, imitando o gesto de Pôncio Pilatos, decidia não decidir se no flagrante e manifesto acto de violência praticado pelo jogador Eliseu "ocorreu, ou não, uma violação intolerável das Leis do Jogo".

A sujidade no futebol português continua. Mas ao menos aquelas mãos ficaram lavadinhas.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Sporting Sempre 31.08.2017

    O primeiro culpado de tudo isto foi Eliseu, porque o que ele fez e continua a fazer é uma vergonha. E ser seleccionado é uma vergonha também para F.Santos. Para Rui Vitoria não é vergonha nenhuma, faz parte da cultura daquela casa.

    O segundo culpado foi Vasco Santos, pelo que (não) viu e pelo que justificou que (não) viu. O que Meirim fez foi dizer aos árbitros que não está lá para tapar as suas asneiras. E na sequência obrigou (?) os árbitros a ver os lances, levaram na cabeça e foram instruidos pelo Conselho de Arbitragem a olhar para os lances violentos sem contemplações. No fundo o que está em causa aqui é a incapacidade que vem de longe dos nossos árbitros e de muita gente distinguir entre jogo viril e jogo violento.

    Realmente Meirim lavou as mãos. Acho muito bem. Melhor assim do que o Sporting ganhar ao Benfica e andarmos meses a fio a ver quantos jogos é que o Dost será condenado por ter saltado e batido com o cotovelo na careca do Luisão a partir duma queixinha do Vieira...





  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D