Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

Estes reforços vieram acrescentar

Texto de Filipe Simões

img_1280x720$2020_10_21_00_40_00_1768886.jpg

 

Escrevo pela primeira vez esta época aqui porque só ontem [segunda-feira] tive oportunidade de ver um jogo inteiro do nosso clube.

 

GOSTEI
- Do resultado e da exibição, principalmente na primeira parte. Nota-se que a equipa vem melhorando de jogo para jogo ao nível das suas rotinas.

- Da dupla Palhinha-João Mário no meio-campo. Se Palhinha traz outra consistência ao meio-campo defensivo, João Mário acrescenta-lhe classe, com uma capacidade de passe acima da média.

- Do facto de finalmente temos dois laterais muito bons... e que sabem cruzar! Porro tem sido uma agradável surpresa e Nuno Mendes... bem, nem vale a pena falar mais! Só quem não percebe nada de futebol pode pôr em causa o facto de estar ali o futuro titular da selecção nacional.

- De Pedro Gonçalves. É mesmo reforço, embora tenha que decidir melhor em certas situações.

- De Nuno Santos. Merece a titularidade, pois acrescenta velocidade ao lado esquerdo (vide assistência para o golo de Porro).

- De Rúben Amorim. Se no início a sua contratação me provocou algum cepticismo, reconheço que sabe mexer no jogo (como se viu contra o Gil Vicente) e não tem medo de apostar na formação.

 

NÃO GOSTEI

- Da atitude da equipa após o 2-0, que poderia comprometer o jogo não fosse o golo do Tondela ter sido anulado.

- Da forma como a equipa inicia a primeira fase de construção a partir da defesa. Chega a ser enervante a forma como se trocam passes tão perto da nossa baliza. Só ontem contei quatro passes errados que, contra uma equipa mais eficaz, podiam ter dado golo.

- De Sporar a ponta-de-lança. Se é certo que um avançado precisa de golos para ganhar confiança, penso que Sporar joga muito melhor no apoio, como se viu nas assistências que fez. Falta-nos um goleador que marque 15-20 golos por época para podermos ambicionar algo mais.

- Do árbitro. Continuam a castigar-nos com cartões, a maioria por pretensas "palavras", e penso que depois do que o presidente disse após o jogo com o FC Porto a coisa pode piorar.

 

Em conclusão, ninguém duvida que temos equipa para fazer melhor (muito melhor!) do que na época passada, mas não devemos embandeirar em arco. O campeonato é longo e, com este ritmo de cartões, em breve começarão a existir jogadores castigados.

Mas existe algo que este ano não nos podem tirar: a equipa joga à bola e os reforços vieram acrescentar algo mais à equipa. O caminho faz-se caminhando!

 

Texto do leitor Filipe Simões, publicado originalmente aqui.

3 comentários

Comentar post

{ Blogue fundado em 2012. }

Siga o blog por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D