Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

És a nossa Fé!

"Esta sujeira de empresários"

«O fundador do Benfica era o grande Cosme Damião, um homem que tinha a quarta classe e que morreu cedo com uma tuberculose. Vivia numa casa muito modesta e fazia de tudo. Dizia que no dia em que o Benfica se tornasse um clube profissional acabava. Depois, quando se vê esta sujeira de empresários, isto e aquilo e do dinheiro que deixou de ter valor. O Benfica nasce de uma vontade do povo. Era impensável que o Águas ou o Coluna fossem jogar para outro lado ou que o Travassos viesse jogar para o Benfica. Havia um amor genuíno ao clube. Agora não, com estes presidentes, mediocridade e coisas que não me parecem sérias. Não sei se são ou não, mas não me parecem. Quero lá saber desses mercenários de merda.»

 

António Lobo Antunes, adepto do Benfica, em entrevista à edição de ontem do Diário de Notícias

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Leão de Queluz 13.11.2017

    J. Ramos
    Desculpe mas voce está a misturar as coisas, política é política, futebol é futebol; os empresários ,a quem Roquette chamava comissionistas, salvo honrosas exceções, vieram "infestar" o futebol, alguns, com capacidade financeira inacreditável, mandam nos clubes onde tem influencia. Apoio Bruno de Carvalho nesta batalha; não gostaria que o Sporting fossa dirigido dum escritório qualquer.
  • Sem imagem de perfil

    JRamos 14.11.2017

    Não sei em que é que o futebol do antigamente é melhor do que o de hoje só porque era amador e o de hoje profissional. Eu prefiro o futebol profissional onde, sim, o amor à camisola pode ser testado pela facilidade com que os jogadores podem romper vínculos. No tempo honrado do Lobo Antunes os jogadores, salvo raras excepções, talvez mais entre os estrangeiros, não tinham poder nenhum. Com ou sem amor à camisola ficavam enquanto o clube quisesse. A ignorância generalizada entre o povo de então, não ignorância moral, mas legal, social até, deixava a maior parte dos jogadores nas mãos dos presidentes dos clubes. Os empresários vieram também por culpa dos presidentes, dos clubes, que se aproveitavam dos jogadores sem retribuir em justa medida. Claro que aqueles aproveitaram para criar o seu esquema de enriquecimento, mas a questão é que tudo isto tem uma dinâmica, um devir, que não se explica com saudosismos. Os problemas de hoje, de que fala o Lobo Antunes, já estavam em formação na e pela condição de que fala Lobo Antunes.

    JRamos
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    { Blog fundado em 2012. }

    Siga o blog por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

     

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D